Ataques de forças do Governo deixam 6 mortos nas últimas horas na Nicarágua

Uma mulher morreu neste sábado na cidade nicaraguense de Masaya com um tiro durante um ataque das “forças combinadas” do Governo, o que elevou para seis as vítimas registradas nas últimas horas dentro da crise nacional, informou a Associação Nicaraguense Pró Direitos Humanos (ANPDH).

A mulher atravessava uma rua quando as forças governamentais começaram um tiroteio em Masaya, dois dias depois que a Igreja intermediou para evitar um ataque armado contra o povo de Monimbó, na mesma cidade.

Os ataques do Governo aconteceram depois que na segunda-feira passada os moradores de Masaya declararam a cidade “território livre do ditador”, em referência ao presidente Daniel Ortega.

Masaya teve um papel de desequilíbrio em 1979, quando os nicaraguenses derrubaram o ditador Anastasio Somoza Debayle, enquanto Ortega estava vivendo no exílio na Costa Rica.

A Nicarágua está há mais de dois meses submersa na crise sociopolítica mais sangrenta desde os anos 80, com Ortega também como presidente.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *