Câmara entrega título de Cidadão Mariliense a Antônio Carlos Garcia, o Cebolinha

Técnico em Enfermagem tem quase cinco décadas de dedicação à saúde. Vive em Marília desde 1977, onde se destaca como balconista de drogaria

 

Há quase cinco décadas ele se dedica à saúde do próximo, seja como técnico de Enfermagem – sua formação – seja como balconista de drogaria, prestando um dos melhores atendimentos na área em Marília. E foi assim que Antônio Carlos Garcia ganhou notoriedade na cidade e passou a ser uma verdadeira referência quando o assunto é atendimento ao público que precisa de uma farmácia. Popularmente chamado de Cebolinha (o apelido surgiu na infância, por conta das tiras de quadrinhos em jornais com os personagens da Turma da Mônica), Antônio Carlos Garcia acaba de ser agraciado com o título de Cidadão Mariliense. Nascido em Tupã, mas vivendo em Marília desde 1977, Cebolinha, que trabalha há anos como balconista da drogaria Nossa Senhora de Fátima, na região central, recebeu no começo da noite de sexta-feira, dia 27, o título honorífico de cidadania.

Solenidade, a pedido do próprio homenageado, não ocorreu no plenário da Câmara Municipal, mas sim no próprio ambiente de trabalho, ao lado de seus familiares, colegas de profissão e público que frequenta a farmácia. “Pedi para que fosse aqui na própria farmácia justamente para não gerar qualquer tipo de gastos para a Câmara de Marília, gastos como energia elétrica, decoração ou com os servidores municipais”, disse Cebolinha.

A solenidade contou com as presenças do presidente Delegado Wilson Damasceno (PSDB), vereadora Professora Daniela (PR), familiares do homenageado e do presidente do Sindicato dos Comerciários de Marília e Região, Mário Herrera. “Quero ressaltar que a entrega, desta vez, foi diferenciada, estamos in loco, no serviço do homenageado, o carinhosamente conhecido Cebolinha. Trata-se do reconhecimento de tudo que o Cebolinha fez e faz para a nossa cidade. Inclusive através dos trabalhos sociais e trabalhos filantrópicos. Embora não tenha nascido em Marília, o Cebolinha escolheu nossa cidade como sua”, disse a vereadora.

Uma das frentes de trabalho solidário de Cebolinha é junto aos asilos e casas de permanência de idosos. Ele auxilia a Casa do Caminho, Lar São Vicente de Paulo e Mansão Ismael, ambas entidades sediadas em Marília.

“Sou tupãense, nascido em 14 de março de 1954. Vim para Marília em 1977. Quando estava no primeiro ano de grupo, ainda na infância, o Notícias Populares publicava a tirinha do Cebolinha e, naquela época, o meu cabelo nascia ‘espetado’, igual ao do personagem Cebolinha”, disse. Casado com a senhora Clarice de Oliveira Garcia, o homenageado tem quatro filhos e três netos. “Tenho 37 anos de atendimento em balcão de farmácias e mais 10 anos de atuação na enfermagem de hospitais. Me aposentei, mas não quero parar. Enquanto tiver disposição, vou trabalhar”. Cebolinha recebeu os parabéns do presidente da Câmara, Delegado Damasceno, que enalteceu a dedicação do homenageado à população de Marília. O presidente Damasceno lembrou que é prerrogativa do contemplado com o título honorífico decidir pelo local da sessão solene. “E, por decisão do homenageado Cebolinha, realizamos este momento aqui, no seu ambiente de trabalho, ao lado de amigos e familiares”, disse.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *