Cerimônia marca os 73 anos do bombardeio atômico de Nagasaki

A população japonesa está relembrando os 73 anos do segundo bombardeio atômico realizado pelos EUA no país durante a Segunda Guerra Mundial. Uma cerimônia memorial foi realizada na cidade de Nagasaki, onde a bomba foi lançada três dias após o primeiro ataque em Hiroshima. Foi a primeira vez que um secretário-geral da ONU participou da cerimônia em Nagasaki.

O Parque da Paz ficou em silêncio às 11h02 da manhã, o momento exato em que a bomba explodiu em 1945.

Mais de 70 mil pessoas morreram somente naquele ano, e muitas outras posteriormente devido aos efeito de longo prazo. Nos últimos 12 meses, 3.511 sobreviventes morreram, incluindo um importante ativista pelo desarmamento nuclear.

Entre os milhares de participantes estavam representantes de mais de 70 países.

Atualmente a idade média dos sobreviventes, conhecidos como hibakusha, é de mais de 82 anos.

Em seu discurso, o secretário-geral das Nações Unidas, António Guterres, ressaltou como as potências nucleares estão fortalecendo seus arsenais. Guterres mencionou o lento progresso rumo à proibição das armas nucleares e fez o seu próprio apelo.

Ele disse que “aqui em Nagasaki, peço que os países se comprometam com o desarmamento nuclear e comecem a fazer um progresso visível como uma questão de urgência”.

FONTE : NHK PORTUGUÊS 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *