KARATÊ: Mestre Seiji Isobe, introdutor do Kyokushin no Brasil, recebe homenagem em São Paulo

Em Sessão Solene realizada na Câmara Municipal de São Paulo na noite da última sexta-feira (29), o mestre de karate Seiji Isobe, 70 anos, foi homenageado com o Título de Cidadão Paulistano. A iniciativa do decreto foi do vereador Paulo Frange (PTB), pelos serviços prestados à cidade em sua área de atuação.
No caso do shihan (maneira respeitosa de tratamento a um grande mestre das artes marciais), por ter introduzido o estilo Kyokushin no Brasil e disseminado pelo país e região da América do Sul. Nascido em Fukui e tendo chegado aqui em 1972, Seiji Isobe é referência no esporte e também reconhecido por ter sido eleito uma das 25 personalidades japonesas mais influentes do mundo, em 2011, pela revista Newsweek.

Shihan Seiji Isobe com o vereador Paulo Frange e dirigentes do Kyokushin (Cíntia Yamashiro)
Shihan Seiji Isobe com o vereador Paulo Frange e dirigentes do Kyokushin (Cíntia Yamashiro)

“Estamos tratando aqui não só da homenagem como do desenvolvimento de um esporte de qualidade, que tem pessoas apaixonadas”, afirmou o vereador, recordando do período “nada fácil” do Brasil – a década de 1970 – em que o homenageado chegou, tendo primeiro se situado em Campinas e depois em São Paulo. “Imagina o que é trazer as técnicas num país que só tinha um esporte (o futebol). Ele aprende a língua com os alunos e ensina o esporte.”
O político ainda destacou que a lembrança se dá num ano em que se marcam os 110 anos de imigração japonesa, que conta “uma história bonita de gente dedicada, que não se conformou com as adversidades encontradas. O Japão é um dos países mais competitivos do mundo e que temos muita admiração por sua cultura.”
No discurso de agradecimento, Seiji Isobe se lembrou desse início no Brasil: “Passei a aprimorar as técnicas para passar aos adeptos, que confiaram em mim.” Além de outros ensinamentos e objetivos da modalidade, “o Kyokushin consiste em aprofundar a verdade, ser compreensivo consigo mesmo, venerar os pais e ser fiel à pátria”, ressaltou.

Francisco Filho, Ulisses Isobe e Marcos Furlan compuseram a Mesa (Cíntia Yamashiro)
Francisco Filho, Ulisses Isobe e Marcos Furlan compuseram a Mesa (Cíntia Yamashiro)

“Queria formar atletas de primeira linha, capazes de enfrentar os de outros países”, afirmou, destacando entre eles o primeiro brasileiro (e estrangeiro) a se tornar campeão mundial de karate no Japão, Francisco Filho. “Tenho orgulho hoje das conquistas, formei mais de 500 faixas pretas no Brasil e em outros países da América do Sul. Agradeço a minha família, apoiadores, alunos e a todos os brasileiros”, completou, finalizando sua fala com uma saudação comemorativa e de respeito: “Viva o Brasil! Osu”.

Reconhecimento – Logo no início da sessão, um vídeo apresentou momentos da carreira de Isobe, além de duas conquistas brasileiras no esporte. Primeiro, a luta de Francisco Filho no Mundial de Karate, em 1999; e em seguida, de Ewerton Teixeira, que alcançou o alto posto em 2007. Ambos se desenvolveram com shihan Isobe.

Isobe: “Venerar os pais e ser fiel à Pátria” (Cíntia Yamashiro)
Isobe: “Venerar os pais e ser fiel à Pátria” (Cíntia Yamashiro)

Conhecido como Chiquinho e hoje também shihan, Francisco Filho compôs a mesa ao lado do sensei. “Devemos procurar nossos objetivos e acreditar que tudo é possível. Ele foi um dos pioneiros a sair do Japão e ter sucesso, por isso é um exemplo aos brasileiros e, assim, conseguimos conquistar o título de campeão”, declarou. “Mas o que ele fez, ainda maior que isso, foi ajudar a fortalecer o caráter das pessoas, procurando o bem e a paz. Graças à iniciativa do vereador Paulo Frange estamos aqui agradecendo, e nos orgulhamos dessa homenagem.”
Em vídeo gravado, o também campeão Teixeira parabenizou o mestre pelo reconhecimento atribuído, agradecendo-o “pelo trabalho árduo que vem desenvolvendo e por seus ensinamentos”.
A mesa do auditório estava ainda composta por Ulisses Isobe, campeão mundial de Kata; Henrique Martinicorena, presidente da Federação Gaúcha de Karate Kyokushin Oyama; e Marcos Furlan, presidente da Federação Paulista de Karate Kyokushin e vereador em Mogi das Cruzes. Todos engrandecendo ainda mais a cerimônia no auditório, que trouxe também amigos e parentes de Isobe ao local.

FONTE : JORNAL NIPPAK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *