Merkel adverte sobre perigo de acabar com ONU, apesar de imperfeições

A chanceler da Alemanha, Angela Merkel, advertiu neste domingo sobre o perigo de acabar com a Organização das Nações Unidas (ONU), apesar de suas imperfeições, e criticou as palavras do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, que recentemente colocou em dúvida a ordem mundial multilateral.

“Naturalmente é tudo, menos perfeita. Naturalmente há anos desejamos uma reforma do Conselho de Segurança. Mas destruir algo antes desenvolver um novo é muito perigoso”, alertou Merkel, durante um simpósio sobre a Europa na Abadia de Ottobeuren, no sul do país.

De acordo com ela, um passo assim pode “destruir a ordem de paz” mais rápido do que se imagina.

No último dia 25, Trump disse em seu discurso na Assembleia Geral da ONU que rejeita a “ideologia da globalização” e defende a “doutrina do patriotismo”.

Segundo Merkel, ao contrário dela, o presidente americano não considera o multilateralismo como uma solução para os problemas e concebe apenas a possibilidade de existir um vencedor, em vez de uma situação benéfica para todos.

Ela destacou os sucessos da União Europeia como aliança multilateral, disse que o euro é uma “garantia para a paz” e defendeu o fortalecimento da Europa.

“A Europa só pode impor seus valores, suas posturas e seus interesses se praticarmos uma política externa e de segurança comum”, disse a chanceler alemã, embora tenha ressaltado que depois das eleições europeias do ano que vem serão necessárias mudanças estruturais.

FONTE : EFE BRASIL

   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *