Moradores relatam tremor de terra em diversos bairros de Tupã

Moradores de Tupã se assustaram durante a madrugada desta quinta-feira (26) após sentirem um tremor de terra. Segundo o Corpo de Bombeiros, foram recebidas mais de 100 ligações de diversos bairros da cidade relatando os tremores.

As ligações começaram por volta de 1h10 e, segundo os bombeiros, o tremor também foi sentido no distrito de Juliânia e na cidade de Herculândia. Moradores do centro, Jardim Jaçanã, Vila Inglesa, Vila Nova Tupã, Jardim Casari, Delta Vile, Ibirapuera, entre outros bairros, relataram que ouviram um barulho forte, algo parecido com um estouro, e depois janelas e móveis começaram a tremes.

“Hoje, aproximadamente às 1h03, aqui na Vila Inglesa, ouvi um estrondo muito forte como uma explosão, em seguida a cama e a janela tremeram, levantei e fiquei olhando pela janela se conseguia verificar e visualizar alguma fumaça, mas não observei nada. Entrei nas redes sociais e fui relatado que aconteceu tremores em nosso município”, contou o vereador Eduardo Akira Edamitsu.

O tremor também foi sentido no quartel dos bombeiros. Nas ligações, moradores afirmaram achar que seriam explosões de caixas eletrônicos ou acidentes em lojas de fogos de artifício.

O Centro de Operações da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros em Bauru também confirmaram o recebimento de inúmeras ligações de moradores relatando o tremor em Tupã.

“Nós sentimos aqui no quartel também e muitos acharam que poderia ser uma explosão de caixa eletrônico ou em lojas de fogos artificiais, porque temos duas grandes aqui, mas nada disso ocorreu”, conta o sargento Eder Pereira.

Apesar da preocupação dos moradores, não houve registro de feridos. Ainda não há informações sobre o que pode ter causado o tremor de terra na região do Centro-Oeste Paulista.

Essa não é a primeira vez que moradores de cidades da região sente tremores de terra. Em abril desse ano o prédio da prefeitura de Marília, que fica a 73 km de Tupã, foi esvaziado após os funcionários sentirem os reflexos de um terremoto de magnitude 6,8 na Bolívia.

Em fevereiro de 2017, o prédio também foi evacuado após tremores sentidos na cidade também causados por um abalo na Bolívia.

FONTE : TUPÃ CITY

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *