Os desenhos que levaram inocente a deixar prisão 27 anos após condenação por assassinato

O talento para arte ajudou um presidiário inocente a deixar a prisão após ser condenado injustamente por assassinato nos Estados Unidos.

Valentino Dixon, de 48 anos, estava preso há 27 anos por um crime que não cometeu. E sustentou sua inocência durante todo o tempo em que ficou atrás das grades.

Mas a reviravolta do caso, que levou à revisão do processo e à sua absolvição, só ocorreu depois que sua habilidade para desenhar chamou a atenção de um carcereiro.

A revista Golf Digest publicou um perfil de Dixon, com destaque para suas ilustrações, em 2012 — Foto: Golf Digest/BBC

Fonte: G1 (g1.globo.com)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *