Paraguai mobiliza militares diante de ameaça de motins de presos brasileiros

O Paraguai anunciou nesta terça-feira a mobilização de unidades das forças armadas para reforçar o perímetro das prisões do país, um dia depois da rebelião protagonizada por 20 presos da organização criminosa brasileira Primeiro Comando Capital (PCC) na penitenciária de Concepción e que deixou um funcionário ferido.

A decisão foi tomada devido à ameaça, detectada pelo serviço de inteligência do governo paraguaio, de uma reação em cadeia em diferentes prisões do país por parte das facções de detentos do PCC.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *