PEDÁGIOS: DEPOIS DA PRESSÃO ARTESP ANUNCIA AUDIÊNCIA PÚBLICA EM MARÍLIA

A Agência de Transportes do Estado de São Paulo (Artesp) anunciou que Marília agora terá uma audiência pública para discutir a concessão do lote de rodovias que inclui a SP-294 e implicará em sete praças de pedágio na região.

A reunião aberta ao público acontecerá no dia 27 de março (quarta-feira), às 9h30na Universidade de Marília (Unimar).

A cidade inicialmente havia ficado de fora da lista de municípios que receberiam o encontro para discussão dos impactos das concessões.

As audiências públicas são as oportunidades que a sociedade tem de debater solicitar adequações e pedir esclarecimentos sobre o projeto de concessão, que envolve 1,2 mil quilômetros de mais de dez rodovias.

Pressão

Os encontros estavam agendados apenas para ocorrer em São Paulo, Rio Claro, Bauru, Osvaldo Cruz e Rancharia.

No entanto, Ministério Público Federal (MPF) e Ministério Público do Estado de São Paulo (MP-SP) recomendaram na semana passada que a Artesp realize uma audiência pública em Marília.

Os procuradores dos órgãos alegam que Marília possui muito mais habitantes do que algumas das cidades que haviam sido escolhidas para realização das audiências públicas. Osvaldo Cruz e Rancharia, possuem população de 33 mil e 29 mil pessoas, respectivamente.

Na última segunda-feira (11) manifestantes e políticos estiveram na audiência de Bauru protestando contra pedágios e a ausência de um encontro em Marília.

Entre os marilienses presentes estiveram o deputado estadual Vinicius Camarinha (PSB), representantes da Prefeitura de Marília e um grupo de vereadores, Delegado Damasceno (PSDB), Maurício Roberto (PP) e Luiz Eduardo Nardi (PR).

O prefeito Daniel Alonso participou da audiência realizada no mesmo dia em São Paulo e apresentou propostas de mudanças no projeto, de acordo com a reportagem publicada no site Marília Notícia.

FONTE : MATRA (MN)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *