PLACA NO PADRÃO MERCOSUL CHEGA AO RIO DE JANEIRO

A unificação das placas no Mercosul é um seriado com várias temporadas. Mas isso muda nesta terça-feira (11). O estado do Rio de Janeiro será o primeiro a aderir ao novo padrão, com quatro letras e três números. Por lá, o custo da produção da placa será o mesmo do emplacamento antigo: R$ 219,35. Essa quantia muda de estado para estado, pois o valor é definido por cada Detran.

Por ora, a troca só será obrigatória a partir de 1º de dezembro de 2018, mas quem quiser fazer a substituição voluntariamente – ou que precisar de serviços de reposição de licenças – receberá o modelo Mercosul. Essas operações podem incluir, por exemplo, emplacamento de carros zero-quilômetro, transferências de propriedade e substituição de placas danificadas.

As peças brasileiras terão um diferencial em relação aos demais países: serão divididas em UF e municípios, incluindo o brasão de cada estado. “O Brasil tem uma particularidade que os demais países partes do bloco comercial não têm: nossa frota registrada é de 97 milhões de veículos, o que corresponde a mais de 80% de todos os veículos do Mercosul”, afirma o Ministério das Cidades.

Para diferenciar veículos particulares de comerciais ou oficiais, por exemplo, as cores de identidade estarão nas letras e nos números da placa. Os caracteres terão as seguintes cores:

Particular – Preto
Comercial – Vermelho
Oficial – Azul
Diplomático/Consular – Dourado
Especial/Teste – Verde
Coleção – Cinza prata

O lançamento da placa unificada padrão Mercosul acontecerá nesta terça (11) às 10 horas no Detran do Rio de Janeiro, localizado na Avenida Francisco Bicalho. O evento contará com a presença do Ministro das Cidades, Alexandre Baldy, e do presidente do Detran-RJ, Leonardo Jacob.

Fonte: Revista Auto Esporte

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *