Prefeito Daniel Alonso consegue na justiça manter passagem de ônibus a R$ 3. Empresa queria aumento para R$ 3,70

O prefeito Daniel Alonso obteve uma grande vitória na tarde desta quarta-feira (25) no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo para a população de Marília. A passagem de ônibus urbano não terá reajuste conforme solicitado pela empresa Viação Sorriso. Ela fica nos R$3,00 e não terá aumento.

A vitória foi através da Procuradoria Geral do Município, no julgamento do agravo de instrumentos que as empresas de ônibus interpuseram em desfavor do município.

A concessionária do transporte coletivo público urbano Viação Sorriso entrou com pedido de reajuste dos atuais R$ 3 para R$ 3,70, sendo que o Juiz de Direito da Vara da Fazenda Pública da Comarca de Marília negou a liminar.

A empresa de ônibus recorreu ao Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo que, na data de hoje (25 de julho), a Procuradoria Geral do Município apresentou sustentação oral no Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, que negou o recurso, mantendo a tarifa de ônibus em R$ 3. O mérito do processo deve ser analisado após perícia técnica, o que ainda não ocorreu.

“Faz tempo que a gente está lutando para que não haja reajuste no preço da tarifa de ônibus em Marília, apesar dos insistentes pedidos das empresas de ônibus. Entendemos que a tarifa de R$ 3 atende aos anseios da população mariliense. O país atravessa uma grave crise econômica e esta decisão da Justiça vem ao encontro do desejo dos moradores de Marília”, disse o prefeito Daniel Alonso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *