Prefeitura expande projeto “Recicloteca” e instala nova unidade no Ganha Tempo

Objetivo é levar educação e cultura, promovendo a sustentabilidade através do reuso dos livros

A Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e de Limpeza Pública/Divisão do Meio Ambiente, realizou a expansão do projeto “Recicloteca”, instalando uma nova unidade no espaço onde funciona o Ganha Tempo, localizado na avenida das Indústrias, região central de Marília.

Agora, além da unidade existente no Bosque Municipal, o projeto começa a atingir os objetivos para o qual foi criado, ou seja, expandir-se pelas diversas regiões de Marília, levando educação, cultura e promovendo a sustentabilidade através do reuso dos livros.

Segundo o secretário do Meio Ambiente e de Limpeza Pública, Vanderlei Dolce, “o Ganha Tempo foi escolhido para instalação desta nova unidade por se tratar de um local com grande circulação de pessoas, abrangendo diversas faixas etárias, classes sociais e profissões, sendo um local de encontro multicultural, além de ser protegido contra a exposição ao tempo. Esperamos que a população entenda o propósito deste projeto, usufruindo das publicações e colaborando para a expansão de novas unidades pelos mais diversos bairros do município, através de doações de livros e geladeiras usadas.”

Seguindo os moldes da unidade do Bosque Municipal, a “Recicloteca” instalada no Ganha Tempo possui diversas obras literárias de autores renomados, como Machado de Assis, Aluísio Azevedo, Orígenes Lessa, Érico Veríssimo, Graciliano Ramos, Clarice Lispector, entre outros.

A ideia é promover o reuso do livro, que poderá ser utilizado pelo contribuinte enquanto aguarda o atendimento, podendo até mesmo ser levado e devolvido dias depois.

Neste momento, o cidadão também poderá trazer livros que tenha em sua residência, e que não utilize mais, para serem colocados nesta unidade da “Recicloteca”, colaborando para manutenção do projeto, bem como incentivando o hábito da leitura entre outros munícipes.

De acordo com o coordenador do projeto, Cassiano Rodrigues Leite, “a colaboração da população é essencial para a sobrevivência e expansão do projeto, onde a próxima etapa será levar aos distritos novas unidades da “Recicloteca”, dando aos moradores destas regiões a oportunidade de criar o hábito da leitura e desenvolver o fascínio em viajar pela imaginação, deixando um pouco de lado o estresse da correria diária e do excesso de uso de aplicativos eletrônicos, que hoje nos escravizam.”

Mais informações sobre o projeto “Recicloteca” e doações de livros e geladeiras podem ser obtidas pelo telefone 3454-3400.

  

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *