Retirada de combustível nuclear é iniciada após mais de quatro anos de atraso

A Companhia de Energia Elétrica de Tóquio (Tepco) havia adiado por mais de quatro anos a remoção de combustível nuclear da piscina de armazenagem do edifício do reator número 3, pertencente à usina nuclear Fukushima 1, devido a problemas técnicos.

A operadora iniciou o trabalho de remoção do combustível nuclear nesta segunda-feira, apesar de ter previamente planejado o início da remoção para o final de 2014.

Em preparação para o procedimento de remoção, a Tepco já havia iniciado a descontaminação do último andar do edifício do reator, no qual se encontra a piscina de armazenamento. Entretanto, os níveis de radiação não haviam caído o suficiente, e medidas adicionais de proteção tiveram de ser tomadas.

Ainda em 2014, funcionários derrubaram acidentalmente uma das máquinas pertencentes à usina dentro da piscina de armazenagem quando tentavam removê-la com um guindaste. O equipamento havia sido danificado em uma explosão de hidrogênio na ocasião do acidente nuclear de 2011.

A instalação elétrica que conectava o equipamento de controle remoto recentemente desenvolvido a um painel de controle da usina foi encontrada danificada, tendo sido parcialmente cortada.

A Tepco afirma que teriam ocorrido problemas com o controle de qualidade dos equipamentos.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

Um comentário em “Retirada de combustível nuclear é iniciada após mais de quatro anos de atraso

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *