Ricardo Rocha diz que empate no clássico não seria ruim ao São Paulo

O São Paulo vem de três empates consecutivos no Campeonato Brasileiro, o que culminou com a perda da liderança para o Palmeiras, rival deste sábado no Morumbi, pela 28ª rodada do torneio. Para o coordenador de futebol Ricardo Rocha, contudo, uma nova igualdade no Choque-Rei “não seria um mau resultado”.

“O empate no clássico com o Palmeiras, um jogo difícil, não seria ruim, mas sabemos que é preciso vencer e que uma vitória nos deixaria muito fortalecidos”, afirmou o dirigente, em entrevista à Rádio Transamérica.

Ricardo Rocha não vê empate no Choque-Rei como mau resultado para o São Paulo (Foto: Sergio Barzaghi/Gazeta Press)

O São Paulo ocupa a terceira colocação do Brasileiro, com 52 pontos, um a menos que o Palmeiras, de quem já esteve oito à frente. Segundo colocado, o Internacional tem a mesma pontuação do time alviverde, mas perde no saldo de gols.

PUBLICIDADE

A última vez em que o Tricolor somou três pontos foi na sofrida vitória por 1 a 0 sobre o Bahia, no dia 8 de setembro, no Morumbi. Desde então empatou com Santos (0 a 0), América-MG (1 a 1) e Botafogo (2 a 2).

“As vitórias serão importantes e os empates não deveriam ser tão ruins, mas estamos em uma sequência grande de empates e, por isso, precisamos retomar. Como aconteceu no primeiro turno, com quatro empates seguidos, e depois embalando com clássicos e jogos dificílimos”, ponderou Ricardo Rocha.

Já jogadores como Nenê e Bruno Peres não falam em empate e tratam a eventual vitória como fundamental para que a equipe siga na briga pelo título nacional. “Temos que vencer esse jogo, que será muito importante para nós. Não podemos perder pontos, ainda mais num confronto direto como é esse”, disse o meia ao site oficial do São Paulo, tendo a opinião endossada pelo lateral.

“É uma vitória que nos separa de dar um salto importante. Temos trabalhado, colocado alguns detalhes que talvez a gente tenha perdido. No sábado, temos tudo para fazer uma grande partida para voltar a liderar e quem sabe até disparar na liderança”, projetou o lateral à Gazeta Esportiva.

FONTE :A GAZETA ESPORTIVA
    

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *