Saúde de Marília conquista permanência de profissional no Programa Mais Médicos

José Fittipaldi Neto, médico da USF Vila Nova, foi o único do Estado de São Paulo entre municípios PAB II e III, na portaria de prorrogação do Ministério da Saúde

O município de Marília conquistou a renovação, junto ao Ministério da Saúde, do contrato do médico José Fittipaldi Neto no programa federal “Mais Médicos”, para o período de mais três anos. Publicação de portaria no Diário Oficial foi comemorada pela equipe e pela comunidade, com a qual ele já estabeleceu vínculo e conquistou carinho e confiança.

Formado pela Famema (Faculdade de Medicina de Marília), Fittipaldi ingressou na rede por meio do Provab (Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica), tendo migrado, mais tarde, para o recém-lançado “Mais Médicos”.

Destaque na rede pela escuta atenciosa e atendimento humanizado, ele aprofundou seus estudos e fez mestrado (2017/2018), abordando com tema a “Comunicação entre Médicos”, para qualidade e continuidade da assistência ofertada na atenção básica.

Fittipaldi conta que o desafio da renovação do contrato começou ainda em 2016. O município de Marília não está entre os mais vulneráveis socialmente do país, explica o médico, por isso a dificuldade da permanência no programa federal é ainda maior.

“Esses três anos que conquistamos a mais é resultado do trabalho do setor de projetos da Secretaria, que diante do nosso desejo de permanecer, não mediu esforços para que essa renovação acontecesse. É uma alegria dar seqüência a um trabalho que tem sido muito exitoso”, disse Fittipaldi.

Ele destacou o carinho e companheirismo da equipe, desde a época em que chegou, até os últimos meses, com a iminência da partida. Destacou ainda a importância do vínculo com a população atendida na atenção básica.

“Nestes três anos, vemos muitos avanços nos pacientes, que começam a compreender o papel da unidade básica para a manutenção da saúde. Procuramos trabalhar o ser humano em sua complexidade e isso tem repercutido muito bem”, disse Fittipaldi.

Atualmente Marília conta com quatro profissionais do Programa Mais Médicos, sendo todos brasileiros e três com formação no Brasil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *