Sistema de reconhecimento facial estreará nos Jogos de Tóquio 2020

Um sistema de reconhecimento facial será usado nos Jogos Olímpicos e Paraolímpicos de Tóquio em 2020 pela primeira vez na história deste evento. A informação é da NHK.
O comitê organizador dos Jogos e uma das gigantes do setor de eletrônicos, NEC, apresentaram o novo sistema para jornalistas nesta terça-feira (7).
Cerca de 300 mil pessoas, incluindo atletas, voluntários e repórteres serão esperados em áreas restritas ao público durante os Jogos.
No novo sistema, terão permissão de acesso apenas aqueles cujas imagens registradas no local coincidirem com os dados em seus cartões de identificação.
O sistema será introduzido nos 43 locais de disputas e demais instalações.
O comitê organizador e a NEC afirmam que este sistema evitará casos de empréstimo de cartões de identificação.
Eles informaram ainda que o sistema rodou por um período de teste e mostrou ser 2,5 vezes mais rápido do que quando seguranças checam a foto da identidade com o rosto do portador.
O representante do setor de segurança do comitê organizador, Tsuyoshi Iwashita, disse o seguinte: “Sempre que eles (atletas, voluntários e jornalistas) entram em um local, devem passar pela checagem da segurança. Mas os locais nem sempre têm espaço suficiente para isso. Quando o evento estiver acontecendo, esperamos que muitas pessoas venham e também que o clima esteja muito quente. É por isso que introduzimos este sistema de reconhecimento facial”, frisou Iwashita.
Iwashita acredita que com esse sistema o número de seguranças até poderá ser reduzido e as filas serão encurtadas durante os Jogos.
FONTE : ALTERNATIVA ON LINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *