SOCIEDADE CIVIL MAIS DO QUE ORGANIZADA: DEFINIDO CALENDÁRIO DE IMPLANTAÇÃO DO CODEM!

A convite da ACIM (Associação Comercial e industrial de Marília), membros da Matra participaram de uma reunião de trabalho na última terça-feira onde ficou definido o cronograma de implantação do CODEM, o Conselho de Desenvolvimento Econômico de Marília. Também participaram do encontro o Diretor Titular do CIESP Alta Paulista, Chikao Nishimura, Silvio Barros (ex-prefeito de Maringá) e a consultora e palestrante Márcia Santin.

O Conselho, que deverá reunir as entidades da sociedade civil organizada, o poder público e instituições de ensino superior do Município, será criado para auxiliar e fiscalizar a administração pública, além de elaborar um PLANEJAMENTO DE AÇÕES a serem desenvolvidas e indicativos de desenvolvimento social e econômico a serem monitorados, com o objetivo de estabelecer metas e ações de longo prazo para desenvolvimento sustentável da cidade como um todo.

A proposta foi lançada em dezembro de 2017, com a Palestra “Como será a sua cidade daqui a 20 anos?”, proferida pelo ex-prefeito de Maringá, Silvio Barros – evento que também contou com a participação de vários membros da Matra.

Em Maringá o CODEM (que funciona desde a década de 1990 nas dependências da Associação Comercial e Industrial da cidade), ajudou a projetar o município paranaense para o futuro, sendo que atualmente ele figura como um dos melhores do país para se morar! Em abril do ano passado uma comitiva de aproximadamente 50 marilienses esteve em Maringá para conhecer em detalhes o trabalho desenvolvido, dentre eles estavam empresários, comerciantes e membros da Matra.

Para a criação do CODEM Marília, a sociedade civil organizada está unindo forças para a contratação de uma consultoria, chefiada pela palestrante e ex-Diretora Executiva do CODEM de Maringá, Márcia Santin, o que resultará em ganho de tempo na implantação. “Com a expertise que nós temos, não só em Maringá mas também em Foz do Iguaçú, Cascavel, Goiânia, Uberlândia, Distrito Federal e Manaus, por exemplo, podemos afirmar que em seis meses a gente consegue implantar essa governança da sociedade civil organizada de forma a deixa-la já funcionando com suas primeiras reuniões e ações objetivas”. E completou:

Um conselho como esse, onde a sociedade civil participa junto com o poder público, vem exatamente para pensar, planejar, atuar naquilo que for possível e, principalmente, ser o guardião das diretrizes de desenvolvimento socioeconômico e urbano na cidade.

Durante a reunião o presidente da ACIM, Adriano Martins, anunciou que muitos empresários foram sensibilizados e estão dispostos a investir na implantação do CODEM em Marília e que ainda neste mês de fevereiro, ocorrerá a assinatura do contrato com a consultoria para o início efetivo dos trabalhos no começo do mês de março. “Estamos bastante otimistas e entusiasmados com toda a mudança que vem ocorrendo no país e nós acreditamos muito que esse trabalho em conjunto da sociedade civil organizada com os empresários, vai trazer bons frutos para a cidade”, afirmou Adriano Martins, que completou: “O importante é essa visão de futuro, pensando na cidade como o lugar onde as nossas famílias possam viver cada vez melhor. E sem vínculos políticos neste planejamento ficará mais fácil garantir a continuidade do trabalho, que é de médio e longo prazo”.

Edgar Cândido Ferreira, vice-presidente da Matra, lembrou que a proposta surgiu há mais de um ano e que muitos avanços já foram obtidos desde que os diferentes setores da sociedade começaram a realizar ações conjuntas para o desenvolvimento da cidade. “A criação do CODEM é um pensamento para o futuro. É planejar a cidade para daqui há vinte anos o que envolve toda a sociedade civil organizada e que eu acho que vai tornar Marília uma cidade mais próspera, muito mais humana e mais justa”, completou Edgar.

Ações deste tipo deixam ainda mais evidente que a mudança que a sociedade espera só se tornará realidade com a mobilização dos diversos segmentos da própria sociedade. Enquanto uma parte dos políticos está focada em se perpetuar no poder, gastando o dinheiro público de maneira ineficiente e muitas vezes até irresponsável, a sociedade civil organizada trabalha com afinco para projetar um futuro realmente melhor para todos. Participe você também! Lembre-se que Marília tem dono: VOCÊ!

FONTE : MATRA

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *