Supermercados têm melhor geração de empregos no mês de agosto em três anos

Acompanhando os bons números de empregos no país, setor acelera contratações, tem melhor resultado do ano e gera quase 4 mil vagas

 

Depois de mostrar reação em julho, após um primeiro semestre com aumento de postos de trabalho abaixo do esperado, o setor supermercadista manteve o bom desempenho em agosto e atingiu o melhor mês no ano ao apresentar crescimento de 3.918 vagas, conforme dados divulgados pelo CAGED (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados) e analisados pela APAS – Associação Paulista de Supermercados.

 

“As contratações nos supermercados paulistas representaram cerca de 25% do total no estado de São Paulo no mês de agosto. Isso mostra o quanto o setor é o termômetro da economia e reflete primeiro tudo aquilo que acontece no Brasil”, comentou o economista da APAS, Thiago Berka.

 

O resultado apresentado em agosto foi o melhor do que o apresentado no mesmo mês dos três últimos anos. Em agosto de 2015 foram criadas 1.552 vagas; em 2016, outras 2.316 contratações; em 2017, tiveram 1.920 oportunidades.

 

Quando analisados os empregos gerados por municípios, a liderança segue com a capital, com 1.355 ou quase 34% do total no mês no estado. Sorocaba, Diadema, Campinas, Vinhedo, Sertãozinho, Itaí, Santo André, Ribeirão Preto e Penápolis, completam o cenário das dez cidades que mais criaram vagas em agosto.

 

Entre as subcategorias do varejo alimentar, supermercados e hipermercados criaram 2.725 vagas, também seu melhor resultado no ano e em 3 anos. Já os minimercados e mercearias tiveram um bom resultado para o ano, porém, o pior em nove anos para o mês de agosto. Atacados e atacarejos criaram 350 vagas e hortifrútis outras 186, o melhor desempenho em cinco anos para o mês.

    

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *