Temer diz que brasileiros vão se unir depois das eleições

O presidente Michel Temer afirmou que as eleições presidenciais deste domingo, as mais imprevisíveis e polarizadas nas duas últimas décadas, vão acabar unindo o país, depois de votar em uma escola na zona oeste de São Paulo.

“Desde o primeiro momento, prego muita harmonia. Logo depois de terminado o pleito, a votação no dia de hoje, vocês verão que todos os brasileiros vão se unir. Eu não tenho dúvida disso”, disse o presidente aos jornalistas.

“Essa coisa de brasileiro contra brasileiro não existe. Tem que ser brasileiro com brasileiro. E estas eleições vão mostrar exatamente isso”, acrescentou Temer ao ser perguntado sobre o ambiente de polarização vivido no país.

As eleições deste ano, as mais imprevisíveis desde o retorno da democracia em 1985, se caracterizam por um clima de radicalização e polarização entre o petista Fernando Haddad e o candidato Jair Bolsonaro, do PSL, que foi esfaqueado durante um comício em 6 de setembro.

O presidente afirmou que, seja quem for o vencedor, o resultado das urnas será respeitado pois é a vontade do povo.

“A vontade do povo é que determina. Aliás, isso não é uma determinação nossa, é uma determinação da Constituição. O poder não é nosso, nem será do Bolsonaro, nem do Haddad, de quem seja. O poder é do povo”, reiterou Temer.

Para o atual presidente, o candidato que vencer as eleições tomará posse sem sombra de dúvidas no dia 1º de janeiro. Além disso, Temer reiterou sua confiança nas urnas eletrônicas, cuja confiabilidade foi colocada em dúvida por Bolsonaro.

“Eu acredito nas urnas eletrônicas. Sempre deram certo, não houve nunca nenhum problema. Não há nenhum problema em relação às urnas eletrônicas”, garantiu o atual chefe de Estado.

Temer também disse que está totalmente convencido, pelas informações que recebeu de seus colaboradores, de que as eleições vão acontecer em clima de tranquilidade e sem nenhum incidente.

FONTE : EFE BRASIL

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *