Universitário brasileiro é preso por participar de golpe de ¥2,5 milhões contra idosa em Shiga

Um universitário brasileiro de 19 anos foi preso na terça-feira (12) sob acusação de participar de um golpe contra uma idosa em Omihachiman (Shiga), informou o Kyoto Shimbun.
A vítima, de 83 anos, recebeu uma ligação de uma pessoa, provavelmente integrante de um grupo de criminosos, dizendo ser o neto dela, no final de janeiro.
O falso neto contou que investiu em ações com um amigo e que perdeu dinheiro por se tratar de um golpe que havia sofrido.
Na conversa com a idosa, ele disse que um advogado poderia recuperar o montante investido, mas que precisaria de dinheiro para pagar pelo seu serviço.
A vítima acreditou no falso neto. Depois de combinar detalhes por telefone, ela entregou ¥2,5 milhões para o brasileiro em uma rua perto da estação JR Ozuchi, em Omihachiman.
A polícia acredita que o golpe foi aplicado por um grupo especializado nesse tipo de crime e que o brasileiro teria participado com a função de pegar o dinheiro e entregá-lo aos seus mandantes.
O nome do brasileiro, residente em Seto (Aichi), não foi divulgado por se tratar de menor. No Japão, a maioridade é atingida aos 20 anos.

FONTE : ALTERNATIVA ON LINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *