Zoonoses vacina 20 mil cães e gatos contra raiva e segue para os Distritos

Neste próximo sábado (06) equipes da Saúde, apoiadas pela Unimar, estarão em Padre Nóbrega (distrito e novos bairros), Rosália, Dirceu, Avencas, Lácio e Fazenda do Estado

 

Passa de 20 mil o total de cães e gatos que já receberam a vacina contra raiva, na campanha promovida pela Prefeitura de Marília, por meio da Secretaria Municipal da Saúde.

No último sábado (29), as equipes da Divisão de Zoonoses, apoiadas pela Unimar (Universidade de Marília), trabalharam na região sul da cidade, onde foram vacinados 7.095 animais. A campanha termina neste sábado (6), com vacinação em Padre Nóbrega (distrito e novos bairros), Rosália, Dirceu, Avencas, Lácio e Fazenda do Estado – veja abaixo os locais de vacinação.

O crescimento na zona sul, na comparação com 2017, foi de 26% no total de doses aplicadas. No ano passado a campanha naquela região foi parcialmente comprometida em função das chuvas e o dia terminou com 5.600 animais vacinados.

“Nossa avaliação é muito boa, com cobertura significativa da zona sul. Agora o desafio é nos distritos e pedimos aos moradores que procurem os locais tradicionais de vacinação. Com exceção de Amadeu Amaral, onde a vacinação foi antecipada, estaremos nos demais distritos neste sábado”, disse Lupércio Garrido Neto, veterinário da equipe da Divisão de Zoonoses.

O veterinário explica que a vacina oferecida pelo SUS (Sistema Único de Saúde) não tem diferença da ofertada nas clínicas. O custo do imunobiológico é relativamente baixo. Por isso, os donos de cães e gatos que já cumprem uma rotina de cuidados com os animais em petshops, muitas vezes, não busca a campanha.

“É importante que a população não deixe de levar os animais porque a vacina é considerado o meio mais eficaz para mantermos a raiva sob controle”, afirmou Lupércio.

PARCERIA

Para obter sucesso na campanha, a Secretaria Municipal da Saúde conta com o apoio de alunos e docentes do curso de Medicina Veterinária da Unimar, além da colaboração de comerciantes e responsáveis por locais estratégicos, como escolas.

A estimativa atual no Estado de São Paulo é um cão para cada quatro habitantes. Em relação aos gatos, estima-se em um felino para cada 15 moradores. Com base nessa proporção, Marília teria hoje cerca de 74,4 mil animais.

RAIVA MATA

A raiva é uma doença infecciosa que ainda mata, no mundo, cerca de 70 mil pessoas por ano. É transmitida apenas por mamíferos, através da mordida do animal infectado com o vírus do gênero Lyssavirus. Na região de Marília, há registros em bubalinos e equinos, infectados por morcegos hematófagos.

Garrido lembra que o último caso de raiva canina na cidade foi notificado em setembro de 2000. O intervalo de 18 anos sem nenhum caso decorre das ações que incluem a campanha de vacinação e, por isso, a importância de levar o animal de estimação para aplicação da dose.

Confira os locais de vacinação nos distritos:

DISTRITOS – Das 9h às 17h (exceção Dirceu e Fazenda do Estado)

     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *