Administração divulga economia superior a R$ 247 mil com rede de água e esgoto do novo distrito empresarial em Garça

A Administração Municipal Garcense divulgou matéria em que salienta uma economia superior a R$ 247 mil com rede de água e esgoto do novo distrito empresarial de Garça. Conforme o divulgado, a administração continua melhorando a infraestrutura do município, inclusive para a geração de novos postos de trabalho, e um exemplo é o novo distrito empresarial da cidade, localizado às margens da Rodovia Comandante João Ribeiro de Barros.

Na última segunda-feira, 16 de dezembro, em mais uma etapa do processo de desenvolvimento do local, foi realizada uma licitação para definir a empresa que estará encarregada de realizar a infraestrutura de água e esgoto no terreno.

“A empresa Luma Engenharia e Saneamento Ltda.-EPP de São José dos Campos foi a vencedora. Agora aguardamos a efetivação da terraplanagem do terreno para iniciar os trabalhos de instalação das redes de água e esgoto”, informou o diretor-presidente do Serviço Autônomo de Águas e Esgoto (SAAE), Ulysses Bottino Peres.

No edital preparado pelo SAAE com base em três orçamentos distintos, o valor máximo estimado para a obra era de R$ 890.091,03. No entanto, a empresa vencedora, atendendo todas as solicitações do edital, definiu para a realização do trabalho um valor de R$ 642.573,93. Nesta obra a economia aos cofres públicos foi superior a R$ 247.000,00. 


Poço profundo do distrito de Jafa 

De acordo com o divulgado pela assessoria da Prefeitura, recentemente o SAAE finalizou a licitação que irá implantar um novo poço profundo para captação de água no Distrito de Jafa. O volume estimado deste novo poço está entre 15 e 30 mil metros de água por hora. Nesta obra também houve economia.

O valor estimado era de R$ 514.038,30. A empresa Geozan Ltda-EPP de Araraquara, vencedora da licitação, irá realizar a perfuração por R$ 405.900,00. A economia é de mais de R$ 108.000,

Em relação aos valores estimados, a economia com as duas obras ultrapassa os R$ 355.000,00. 

“Este valor economizado será utilizado para pagamento da contrapartida do serviço de limpeza da primeira lagoa de tratamento de esgoto do córrego do Tibiriçá. Conseguimos a liberação de R$ 250.000,00 do comitê de bacias hidrográficas do Aguapeí e Peixe, e a contrapartida que cabe ao SAAE é em torno de R$ 400.000,00. Levando em consideração a economia conseguida nestas duas obras, teremos que dispender menos de R$ 50.000,00 para realizar a limpeza da lagoa do Tibiriçá”, completou o diretor da autarquia em matéria divulgada pela assessoria.

FONTE : GARÇA ON LINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *