Alguns atletas do exterior desistem de participar da Olimpíada de Tóquio por causa do coronavírus

Um número crescente de atletas do exterior está desistindo de participar da Olimpíada de Tóquio devido a razões ligadas ao coronavírus.

A Associação Olímpica Britânica (BOA, na sigla em inglês) afirmou que a atiradora Amber Hill, ranqueada como a número 1 do skeet feminino, cancelou sua participação nos Jogos após testar positivo para o vírus em seu país. Na quarta-feira, Hill deu a seguinte declaração ao website da BOA: “Após cinco anos de treinamentos e preparativos, estou absolutamente devastada em dizer que, na noite passada, recebi um resultado positivo para o teste de Covid-19. Isso significa que eu tive de abandonar a seleção de tiro da Grã-Bretanha.”

No último domingo, a tenista americana Cori Gauff afirmou no Twitter que havia testado positivo e que não poderá participar dos Jogos. Ela disse que seu sonho sempre foi representar os Estados Unidos na Olimpíada e que espera ter mais oportunidades no futuro.

Alguns outros tenistas, incluindo Alex de Minaur, da Austrália, testaram positivo para o vírus pouco antes de sua partida rumo aos Jogos de Tóquio.

Já a USA Basketball – o principal órgão responsável pela modalidade nos Estados Unidos – anunciou, em 14 de julho, que o jogador Bradley Beal não poderá representar a seleção masculina do país na Olimpíada por causa dos protocolos de saúde e segurança durante os treinamentos em Las Vegas. Havia uma enorme expectativa de que a estrela do Washington Wizards brilhasse nos Jogos.

FONTE:NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *