Analistas dizem que levantamento apresentará resultados piores sobre otimismo empresarial no Japão

Quase todos os economistas consultados preveem que um levantamento muito aguardado sobre o otimismo empresarial no Japão apresentará resultados piores. Eles acreditam que o clima mais sombrio será devido ao aumento no imposto sobre consumo e aos efeitos de um forte tufão que atingiu o país.

O relatório “Tankan”, do Banco do Japão, será divulgado na próxima sexta-feira. A cada três meses, a entidade pergunta a 10 mil empresas para que opinem sobre a economia japonesa.

Analistas de 14 instituições privadas elaboraram suas previsões para o levantamento. Com exceção de uma instituição, todas elas esperam que o índice principal para grandes fabricantes piore de +5, registrado no levantamento de setembro, para entre -1 e +5. Uma leitura positiva indica otimismo a respeito da economia.

Caso o índice recue, conforme o esperado, isso representaria o quarto trimestre consecutivo de enfraquecimento.

Para empresas de grande porte não manufatureiras, todas as instituições esperam uma queda de +21, registrado no levantamento anterior, para entre +13 e +18.

Os analistas dizem que consumidores fizeram compras de última hora antes do aumento do imposto sobre consumo, em 1º de outubro, seguido de um esfriamento no consumo nos meses seguintes.

Eles citaram ainda os efeitos do Hagibis, um poderoso tufão que devastou o leste e o norte do Japão em outubro. A tempestade é responsabilizada pelas vendas e produção mais baixas. Já a disputa comercial entre os Estados Unidos e a China também contribuiu para a morosidade nas exportações.

FONTE :NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *