Artistas brasileiros, peruanos e filipinos animam “Gaijin Day” em Hamamatsu

Uma grande festa para celebrar a presença dos estrangeiros no Japão foi realizada no sábado (1), em um espaço de eventos ao ar livre, próximo à estação de Hamamatsu (Shizuoka).
Apelidado de “Gaijin Day”, o evento contou com apresentações de música e dança lideradas por artistas brasileiros, peruanos, filipinos e da Indonésia.
Foram quase dez horas de apresentações e o público local pôde conferir um pouco da cultura dos países que representam algumas das maiores comunidades estrangeiras da região.
O brasileiro Diego Ikuta, que é um dos organizadores do evento, contou para a Alternativa que a ideia surgiu este ano e nasceu durante uma discussão sobre fazer um dia filipino em Hamamatsu.
“Estávamos conversando sobre isto porque já existe o Peru Day e o Brasil Day. Faltava um dia para os filipinos. Então, ao invés de separar, pensamos que seria interessante fazer um dia para os estrangeiros”, comentou.
A escolha de “gaijin” para o nome gerou um pouco de polêmica e foi questionada pela prefeitura quando os organizadores apresentaram a sugestão, pois o termo poderia soar preconceituoso e até ofensivo.
“Nós decidimos que tinha que ser ‘gaijin’, porque é o que nós somos, estrangeiros. A comunidade abraçou como realidade e a prefeitura aceitou e apoiou”, conta Diego.
A primeira edição do evento foi um grande sucesso e contou com quase 30 atrações durante todo o dia.
Entre os artistas, houve a participação do grupo AFRO2 e o Bloco Brasilidade, de cantores como Elias Reis, Alan Max, Carol Scafi, Tamilyn Nakaya e Giulia Jung.
As cantoras filipinas Krisna Erika e Gina Mampusti Sasaki também animaram a festa, além de grupos como a The Gaijin Band e o Team Blenda, com dança polinésia.
A ideia agora é organizar novas edições do evento em cidades como Nagoia (Aichi) e Tóquio.
“Queremos fazer três edições por ano e transformar o ‘Gaijin Day’ (dia dos estrangeiros) em um feriado nacional no Japão”, contou Diego.
FONTE : ALTERNATIVA ON LINE
     

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *