Atacante Carlos André é inscrito, mas MAC segue sem atletas do DM

O Marília Atlético Clube (MAC) ganhou um reforço ofensivo para o clássico de amanhã (dia 29), contra o Noroeste, às 19h30, no estádio Alfredo de Castilho, em Bauru. Entrou ontem (27) no sistema da Federação Paulista de Futebol (FPF), a inscrição do atacante Carlos André, de 32 anos, que na temporada passada defendeu o Linense.

O técnico Júlio Sérgio ainda tem esperança de poder contar com outros dois contratados: o centroavante Rafael Amoroso e o zagueiro Walker, que quer ser chamado de Salazar (sobrenome).

A situação de Rafael Amoroso é a mais complicada, pois se trata de uma transferência internacional, já que o atleta estava no Mirandela (2ª Divisão de Portugal).

“Estou treinando forte e esperando os documentos chegarem de Portugal. Ansioso por poder jogar já na quarta, porque trata-se de um clássico regional, em que todos vão estar observando. Estou bem fisicamente, meu último jogo na Europa foi no dia 27 de novembro e desde que voltei ao Brasil (10 de dezembro), vinha treinando. Estou quase 100% fisicamente, atualmente estou com 80%, mas muito ansioso para poder atuar”, explicou Amoroso, que ganhou o apelido por ter as características parecidas com o ex-atacante Amoroso (Guarani, Borussia Dortmund-ALE e São Paulo).

DM

Se há expectativa quanto aos possíveis inscritos, por outro lado dois atletas seguem fora pelo departamento médico (DM). Os meias-atacantes Marlon e Kelvy estão descartados das duas próximas rodadas. O primeiro realizou ontem uma cirurgia no nariz e só ficará à disposição para a 4ª rodada. O segundo ainda não teve recuperada totalmente a fratura na fíbula.

“Ele ainda não treinou, não está vindo no clube, a fratura não estava consolidada e terá que fazer toda a preparação novamente, para poder estar apto a jogar uma partida”, frisou o treinador maqueano.

Dois volantes que atuaram na estreia podem ser desfalques amanhã. Levi sente dores no joelho esquerdo e não treinou ontem à tarde. Já Fabrício ainda sente dores no tornozelo, mas não preocupa tanto.

Sobre a equipe titular que jogará contra o Noroeste, o técnico Júlio Sérgio não dá pistas sobre mudanças, mas já confirmou que fará algumas, mesmo sem especificar o setor. Hoje pela manhã (28), acontece o último treino antes do clássico, no estádio Bento de Abreu.

Punição

Amanhã sai a pauta de julgamentos do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), da FPF, e o Marília poderá ser julgado na próxima segunda-feira (dia 3), por gritos homofóbicos na estreia contra o Linense. O árbitro Cleber Luis Paulino relatou na súmula o ocorrido:

“informo que aos 25 minutos de jogo, paralisei a partida e solicitei aos quarto árbitro para que informasse ao responsável do policiamento, para tomar as medidas cabíveis, pois a torcida da equipe Marilia AC, localizada atrás do gol visitante, proferiu os seguintes gritos homofóbicos ao goleiro do Linense “ooo bicha”. Após a intervenção do policiamento, os atos cessaram”.

Em 2019, na semifinal do Paulista da 4ª Divisão, diante do Fernandópolis, o MAC foi julgado por essa mesma atitude da torcida e a punição foi de R$ 1.500,00. Porém, a punição com perdas de mando de campo também ser impostas.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *