Atletas formados na base do MAC buscam espaço no profissional

A pré-temporada do Marília Atlético Clube (MAC) para a retomada do Campeonato Paulista da Série A-3, começou no dia 17 de agosto e além dos remanescentes e dos reforços contratados, seis atletas com idade até 20 anos e que começaram a carreira de base no próprio Alviceleste, foram incorporados ao elenco para avaliação.

Dois deles foram aprovados pelo técnico Guilherme Alves até o momento e já assinaram contrato profissional: os meias Keslley, de 20 anos e Guilherme Vieira, de 18.

Outros quatro nomes ainda buscam a oportunidade de um vínculo profissional com o Marília e quem sabe serem aproveitados na Série A-3 ou na Copa Paulista. Um dos observados é o zagueiro Gabriel Teixeira, de 18 anos, irmão mais novo do defensor Guilherme Teixeira, que disputa o estadual da 3ª Divisão pelo Noroeste e que também foi formado no MAC.

Também zagueiro, Victor Genesini, de 20 anos, tenta ser aproveitado no profissional. Ele defendeu o Maquinho nos Paulistas Sub-15 e Sub-17 de 2015 e 2016, respectivamente. Também jogou na base do Bragantino e no futebol carioca. O goleiro Leonardo Loterio atuou pelo Alviceleste no Paulista Sub-17 de 2017 e no ano passado fez parte do elenco que disputou o estadual Sub-20 da 2ª Divisão.

Já o lateral-direito Maycon Dragonetti, conhecido como “Dagoberto”, chegou a jogar uma partida pelo profissional maqueano no Paulista da 4ª Divisão (Sub-23) de 2019. Ele entrou no segundo tempo na estreia diante do Vocem (vitória por 3 a 1), em Assis.

Também no ano passado, foi titular nas dez partidas do Paulista Sub-20 da 2ª Divisão e nesta temporada esteve em campo nos três jogos do Maquinho pela Copa São Paulo Junior.

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *