Autoridade do Ministério do Trabalho japonês é demitida em conexão com estatísticas do governo

Autoridade do Ministério do Trabalho do Japão foi afastada de seu cargo devido a uma série de levantamentos trabalhistas irregulares.

Nessa sexta feira, o Ministro da Saúde, Trabalho e Bem-Estar Social Takumi Nemoto demitiu Yasuyuki Onishi do posto de diretor geral de estatísticas e política de informação.

O ministro estava sendo muito criticado nas últimas semanas depois da revelação de uma prática de longa data, de que os funcionários do ministério teriam conduzido levantamentos trabalhistas inapropriadamente.

A questão inicial das pesquisas mensais falhas em relação aos salários e horas trabalhadas levou a uma revisão imediata de todas as estatísticas chave do governo japonês. Depois do resultado da revisão ter sido liberado na semana passada, novas falhas vieram à tona, em relação às pesquisas de estrutura salarial do Ministério do Trabalho.
Ao falar para repórteres, Nemoto afirmou que Onishi tinha conhecimento dos métodos inapropriados usados nas pesquisas de estrutura salarial, mas que ainda sim reportou, durante a revisão, que não havia problemas. Nemoto disse que mais tarde Onishi percebeu a omissão e reportou a falha. O ministro então concluiu que não seria mais adequado tê-lo no posto que ocupava.

Acrescentou ainda que é bastante lamentável que o ministério tenha falhado ao reportar todos os problemas, quando deveria estar fazendo o máximo possível para restabelecer a confiança do público nos dados do governo.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *