Autoridades de Okinawa sabem do caso de infecção na base americana através do Facebook

O quadro da infecção pelo novo coronavírus na província de Okinawa entrou em uma nova fase, com o primeiro caso de infecção secundária mais os outros comunicados posteriormente, de integrantes infectados em uma das bases dos EUA. 

São 9 casos na província, até segunda-feira (30). Uma mulher na faixa dos 30 anos teve infecção secundária, provavelmente por causa de um homem também da mesma faixa, ambos residentes em Naha, testada positiva no domingo (29).

O de segunda-feira é um homem, na faixa dos 40, também de Naha, que esteve a trabalho em Tóquio, provavelmente, onde se infectou.

O governador pediu que considere as festividades de despedida e de recepção de novos contratados ou transferidos, diante do quadro de aumento dos casos na província.

Base americana

Às 16h21 de sexta-feira (28) a Base Aérea de Kadena, na cidade homônima, informou sobre o primeiro caso de infecção de um integrante na página do Facebook. O escritório do Ministério das Relações Exteriores informou o governo para vê-la, dez minutos depois da publicação.

A Agência da Defesa avisou 30 minutos depois dessa notificação do escritório. E passados alguns minutos das 21h entrou um outro comunicado de outro integrante testado positivo.

Em relação às doenças infecciosas, existe um mecanismo para compartilhar as informações sobre surtos entre a província e autoridades militares dos EUA, e vice-versa, com base no acordo do Comitê Conjunto Japão-EUA.

No entanto, não estão sendo compartilhadas pela base americana, para tomada de medidas para prevenir a infecção. Não há confirmação se essas duas pessoas residem dentro ou fora da base.  

FONTE : PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *