AUXILIARES SAÚDE BUCAL

Marcos Rezende apresenta requerimento pedindo a jornada de 30 horas semanais

O presidente da Câmara Municipal de Marília, vereador Marcos Rezende (PSD), está apresentando requerimento onde solicita ao prefeito de Marília, Daniel Alonso (PSDB), que proceda redução da carga horária dos servidores que trabalham como auxiliares de saúde bucal na rede básica de saúde. A solicitação também é direcionada ao secretário municipal de Saúde, Ricardo Mustafá, e consta na pauta da sessão ordinária desta segunda-feira, dia 2. O requerimento [n.º 1776/2019] atende reivindicação da categoria, que se reuniu recentemente com o vereador Marcos Rezende.

A proposta inicial do presidente da Câmara seria adotar a jornada de 30 horas em caráter experimental por um período. “Caso esta nova jornada”, explicou o vereador, “não venha a causar impactos negativos no atendimento aos pacientes e nem a nossa população, num segundo momento, a redução seria efetivada”. O vereador informou que, após reunião de trabalho com os auxiliares de saúde bucal, chegou-se à conclusão de que a redução de 40 para 30 horas semanais de trabalho em nada prejudicaria o cotidiano dos servidores, “uma vez que toda sua atividade está ligada às atividades do cirurgião-dentista, que possui carga horária semanal de 15 horas”. No requerimento, Marcos Rezende explica que a redução ajudaria a evitar o desvio de função e proporcionaria mais qualidade de vida aos auxiliares. “Isso porque haveria a redução no tempo de exposição dos profissionais à contaminação, radiação e perfuração”.

O presidente da Câmara de Marília comentou que está confiante na aprovação do requerimento e na aceitação do pedido por parte da administração municipal. “Entendemos que a mudança aperfeiçoaria o serviço, gerando economia no setor odontológico, pois todas as funções do auxiliar são encerradas ao término do expediente do cirurgião”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *