Biblioteca Municipal completa um ano em novo espaço

Durante este primeiro ano um total de 34.049 pessoas frequentaram o local

A Biblioteca Municipal “João Mesquita Valença” está completando nesta quinta-feira (19) um ano de funcionamento no novo espaço, localizado na Rua São Luiz, 1.295, esquina com a rua São Carlos, na região central de Marília, e também no trabalho de conceito de biblioteca viva e inclusiva.

Durante este primeiro ano um total de 34.049 pessoas frequentaram a biblioteca municipal, média de 2.837 pessoas por mês ou 130 pessoas por dia, levando-se em conta o funcionamento médio de 22 dias úteis mensais.

Com relação a empréstimo de livros, foram 9.773 unidades emprestadas durante os últimos 12 meses, média de 814 livros mensais ou 37 livros emprestados diariamente – a biblioteca conta atualmente com um acervo de aproximadamente 28 mil unidades e uma equipe com 15 funcionários.

Hoje a Biblioteca Municipal conta com 14 projetos permanentes: Espanhol para PCDs (Pessoas com Deficiências), Informática 3ª Idade na Era Digital, Androidando, Espanhol, Yoga, Hora do Conto, Informática para Pessoa com Deficiência Visual, Pintura para PCDs, Leitura para Gestantes, Cinemãe, Visitas Monitoradas, Brinquedoteca e Programa Janela Literária.

Além dos programas permanentes, a biblioteca desenvolve outras ações, como encontro de escritores marilienses, lançamento de livros, exposições diversas (desenho, pintura, fotografia, maquetes, etc), Colecionismo: “Mania de Você…”, Projeto Vitrine, empréstimo da cabine acústica para reuniões, gravações e entrevistas, Sarau e apresentações artísticas de música e dança.

“O cartão de visita da biblioteca é a qualidade do atendimento realizado por toda a equipe. A gente acredita que o serviço público tem que ser melhor que o privado, pois é mantido com dinheiro do cidadão, que merece um serviço de qualidade”, disse a Chefe da Biblioteca, Rosane Fagotti Voss.

O prefeito Daniel Alonso parabenizou a equipe da Biblioteca e a Secretaria Municipal da Cultura. “Todos estão de parabéns. Era um desafio instalar a biblioteca num outro local e, com o empenho de todos, foi vencido. Hoje a biblioteca atrai um número bem maior de pessoas e oferece as melhores condições aos usuários, inclusive com total acessibilidade. Os números comprovam que a mudança agradou à população mariliense.”

Rosane destacou ainda o trabalho realizado. “O trabalho de uma administração é valorizar a construção do ser humano como um todo e esta se faz também por meio da informação, do conhecimento e da cultura, além de uma equipe que reconhece o seu papel nessa construção. Temos uma equipe focada, qualificada e determinada.”

ESTRUTURA

A estrutura física da biblioteca de Marília, que funciona de segunda a sexta-feira, é composta por três pisos. No piso 1 ficam o auditório, o telecentro comunitário e as oficinas artísticas, sendo que há saída para a rua São Carlos; o piso 2, com entrada pela rua São Luiz, há as seções de jornais e revistas, leitura nacional e internacional, espaço dos escritores marilienses, cantinho histórico, biblioteca braile/audiolivros, biblioteca juvenil, biblioteca infantil, espaço quadrinhos e sala acústica/estudo; e no piso 3 (superior) ficam os livros técnicos/didáticos, CDs e DVDs, programa Agenda Cidadã, biblioteca digital, área de conveniência/estudo, diretoria e reserva técnica.

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *