Bolsonaro: críticas reforçam indicação de Eduardo à embaixada

Jair Bolsonaro voltou a defender a indicação do seu filho, o deputado Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), para a embaixada do Brasil nos Estados Unidos nesta segunda-feira (15). Em passagem pela Câmara dos Deputados, o presidente disse que as críticas que têm sido feitas a Eduardo são um sinal de que ele é a pessoa certa para o cargo.

“Por vezes temos que tomar decisões que não agradam a todos, como a possibilidade de indicar para a embaixada nos Estados Unidos um filho meu. Se está sendo tão criticado pela mídia, é sinal de que é a pessoa adequada” afirmou Bolsonaro na tribuna da Câmara, sob aplausos de militares, parlamentares e ministros.

Bolsonaro esteve na Câmara nesta segunda-feira para participar de uma sessão solene que homenageou o Comando de Operações Especiais do Exército. A sessão foi requerida pelo líder do governo, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), e pelo líder do PSL na Casa, Delegado Waldir (GO).

Eduardo Bolsonaro também acompanhou a sessão e, depois do discurso do pai, chegou até a interromper a fala da deputada Carla Zambelli (PSL-SP) para elogiar o presidente. “O senhor fez uma ótima bancada. Não é mais uma voz sozinha aqui”, disse Eduardo, reforçando o apoio da bancada do PSL ao presidente.

Desde que teve o nome ventilado para a embaixada nos Estados Unidos, porém, Eduardo Bolsonaro tem sido alvo de críticas. A oposição, representantes da carreira diplomática e até apoiadores da família Bolsonaro, como o escritor Olavo de Carvalho, pediram que o deputado não aceitasse o convite. Diplomata de carreira, o deputado Marcelo Calero (Cidadania-RJ) chegou até a propor um projeto de lei para barrar a nomeação. Mas, assim como o pai, Eduardo Bolsonaro vem defendendo sua indicação. Uma decisão final sobre o assunto deve ser tomada junto ao Itamaraty nos próximos dias.

FONTE : CONGRESSO EM FOCO (UOL)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *