Cades reconhece e apoia o Projeto “Recicloteca” que visa propagar a Educação Ambiental junto à população

Projeto tem por objetivo promover a sustentabilidade através da reutilização de livros e geladeiras, com participação popular

Implantado pela gestão do prefeito Daniel Alonso, através da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e de Limpeza Pública (Smalp), o “Projeto Recicloteca” recebeu o reconhecimento e o apoio do Cades (Conselho do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) de Marília, que promove ação de educação ambiental no município de Marília.

O Cades tem por objetivo desenvolver ações que incentivem à população a manter o foco na sustentabilidade, mesmo neste período de pandemia, colaborando com os cuidados ambientais, e dando a estrutura necessária para quando as atividades retornarem a sua normalidade, os cidadãos marilienses tenham acesso à educação ambiental e desenvolvam a consciência ecológica para colaborar com o meio ambiente e o desenvolvimento sustentável.

O idealizador do “Projeto Recicloteca” e chefe do Meio Ambiente, Cassiano Rodrigues Leite, relata que o apoio do Cades está sendo essencial para a execução das ações necessárias quanto às melhorias ambientais na cidade.
“O Cades tem apoiado de forma intensa as atividades que estão sendo desenvolvidas em Marília, através de sugestões ou mesmo ações diretas como esta. Inclusive, nos motivou a criar um Projeto de Lei que promoverá a sustentabilidade nas construções civis públicas ou terceirizadas, instalando itens sustentáveis que reduzirão o consumo de água e energias oriundas de fontes não renováveis, ou utilizando tecnologias que substituam matérias primas que causem danos ambientais durante sua extração ou transporte”, disse o chefe do Meio Ambiente

Sobre o projeto Recicloteca, Cassiano afirmou que visa reaproveitar geladeiras em desuso e reutilizar livros usados, evitando a extração de insumos para produção de novas unidades. “Nesta ação, o Conselho Ambiental promove a reutilização destes materiais, colaborando com sustentabilidade no município. Pequenas ações como esta, quando somadas a outras ações locais, causam impactos positivos ao meio ambiente, favorecendo todo planeta. Realizamos, assim, uma ação local, por uma causa global”.

O Cades está divulgando esta ação em sua página disponível em rede social (https://m.facebook.com/cades.marilia), solicitando participação popular para arrecadação de livros em desuso, visando desenvolver a educação ambiental junto à população, incluindo a sociedade na participação direta desta ação.

Esta unidade doada pelo Cades será instalada no Centro de Educação Ambiental, localizada no Bosque Municipal de Marília, onde o Conselho reúne-se mensalmente para encontros deliberativos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *