Casos crescentes de bêbados que dormem no asfalto preocupam polícia de Okinawa

A polícia da província de Okinawa não sabe como lidar com os crescentes casos de pessoas bêbadas que acabam dormindo no meio de avenidas e ficam sujeitas a atropelamentos, surtos ou abusos sexuais, principalmente no caso de mulheres.
Uma reportagem do jornal Yomiuri informou que a polícia da região registrou mais de 7 mil casos por dois anos consecutivos.
Os dados mostram que houve 5.245 casos em 2008 e o número pulou para 6.577 em 2013. Em 2016, houve um recorde de 7.159 ocorrências e em 2017, o número caiu para 7016 casos, mas se manteve na mesma margem.
Até agosto deste ano, a polícia já computou 4.575 ocorrências, o que mostra que o problema social continua em evidência na região.
Um caso de morte foi registrado na madrugada de 6 de junho, na cidade de Uruma. A polícia local foi informada de que um homem de 63 anos estava dormindo no meio de uma estrada. Os policiais foram até o local, mas o homem acabou atropelado e morto minutos antes da polícia chegar.
Houve outro caso de morte este ano e muitos casos de pessoas que tiveram a carteira furtada nessas condições. Algumas denúncias envolviam mulheres que acabaram vítimas de abuso sexual.
A Agência Nacional de Polícia (NPA, em inglês), informou que não há um registro sobre esses casos em âmbito nacional e sugeriu que o problema pode ser de maior gravidade apenas em Okinawa.
FONTE : ALTERNATIVA ON LINE
   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *