CEO das Olimpíadas de Tóquio faz alerta sobre maconha no Japão

A maconha foi legalizada em algumas partes do mundo. Contudo, o chefe executivo das Olimpíadas de Tóquio, que serão realizadas no ano que vem, fez um lembrete aos visitantes, incluindo atletas, que a substância é proibida no Japão.

Toshiro Muto do comitê organizador das Olimpíadas de Tóquio disse em uma conferência de imprensa na terça-feira (11) que pelo menos um membro do conselho executivo levantou a questão em uma reunião.

“Há muitos países e algumas regiões no mundo que relaxaram as regras recentemente”, disse Muto, cuja fala foi traduzida para o inglês. “O uso de cannabis constitui violação da lei e isso precisa ser comunicado rigorosamente”.

Muto disse que a questão não estava na agenda formal do conselho executivo, mas veio de um membro preocupado.

“É importante informar a todos os participantes que o uso do cannabis é proibido por lei no Japão, comentou o membro”.

A maconha está entre as substâncias proibidas pela Agência Mundial Antidoping para atletas nas Olimpíadas de Tóquio no ano que vem.

Muto disse que o Japão seria forte em endurecer medidas antidoping nos jogos, que terão início em julho de 2020.

O Japão proíbe maconha, contudo tem regras antifumo relativamente frouxas as quais toleram o cigarro em muitos restaurantes e bares na capital do país.

Entretanto, organizadores das Olimpíadas colocaram em vigor regras antifumo mais rigorosas para os locais dos jogos.

FONTE : PORTAL MIE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *