Confiança do consumidor no Brasil termina o ano na máxima em quase cinco anos, diz FGV

 A confiança do consumidor brasileiro encerrou o ano na máxima em quatro anos e oito meses diante da melhora da percepção sobre a situação atual, apesar do endividamento das famílias, apontou a Fundação Getúlio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.

Com alta de 0,6 ponto em dezembro, o Índice de Confiança do Consumidor (ICC) terminou o ano a com 93,8 pontos, o maior nível desde abril de 2014.

“O ano de 2018 foi difícil para os consumidores, mas fecha com uma sequência de resultados positivos que sinalizam uma recuperação da confiança. Após três meses de altas, o consumidor percebe uma melhora da situação atual, com inflação em queda, taxas de juros estáveis, maior acesso ao crédito e maior oferta de emprego”, disse em nota a coordenadora da Sondagem do Consumidor, Viviane Seda Bittencourt.

FONTE : REUTERS BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *