Consulta pública da Câmara tem 90% a favor de compra do prédio do Banco do Brasil

No final da tarde de ontem a Prefeitura de Garça divulgou o resultado da Consulta Pública realizada pela Câmara Municipal sobre a compra do prédio do Banco do Brasil. De acordo com o publicado, 90% dos participantes da consulta pública foi favorável a compra do prédio.

O prefeito João Carlos dos Santos enviou o projeto de lei 54/2019 à Câmara Municipal de Vereadores Garça para deliberação sobre a compra do prédio do Banco do Brasil.

No final da tarde de ontem a Prefeitura de Garça divulgou o resultado da Consulta Pública realizada pela Câmara Municipal sobre a compra do prédio do Banco do Brasil. De acordo com o publicado, 90% dos participantes da consulta pública foi favorável a compra do prédio.

O prefeito João Carlos dos Santos enviou o projeto de lei 54/2019 à Câmara Municipal de Vereadores Garça para deliberação sobre a compra do prédio do Banco do Brasil.

O objetivo, segundo o divulgado, é desenvolver no local um projeto educacional para preparar nossos estudantes para um mundo real, de oportunidades, e que se renova a cada dia.

Uma comissão já foi nomeada pela portaria 32.359/2019 para elaborar o plano pedagógico a ser implantado no centro educacional de estudos para ciência, tecnológica, empreendedorismo e inovação.

O “nome fantasia” sugerido é CEI – Centro de Educação e Inovação -, de fácil memorização já que é uma corruptela com a conjugação do verbo saber na 1ª pessoa do indicativo – eu sei.  

A Câmara Municipal fez uma consulta pública a respeito deste projeto. Cada munícipe podia votar apenas uma vez, digitando seu CPF – Cadastro de Pessoa Física, e escolhendo entre duas opções: sim, a favor da compra, ou não, contra a compra.

A votação ocorreu até dia 22 de outubro. No dia 23 a Câmara divulgou o resultado oficial. Foram 455 votos no total. Destes, 411 votaram a favor da compra do prédio, ou 90,33%; 44 votaram contra a compra, ou 9,67%.

Agora o chefe do executivo garcense aguarda que o projeto seja apreciado e votado pelos vereadores.

FONTE : GARÇA ON LINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *