Criminoso consegue passar despercebido por 20 policiais e foge de detenção em Osaka

Um criminoso que estava detido no Posto Policial da cidade de Tondabayashi (Osaka), conseguiu passar despercebido por 20 oficiais da polícia e fugiu do departamento na noite de segunda-feira (12).
Uma reportagem do jornal Nikkei informou que a polícia montou uma equipe especial para cuidar do caso e colocou 3 mil homens atrás do criminoso. Os detalhes da fuga ainda estão sendo investigados.
O homem que fugiu é um japonês de 30 anos, chamado de Junya Hida. Ele foi preso por tentativa de estupro e furto em junho e indiciado em julho. Depois de ter sido liberado para aguardar julgamento, Hida teve que ser detido novamente por um novo caso de crime sexual e assalto com ameaças.
A reportagem informou que, na noite de segunda, ele foi levado a sala de entrevistas para conversar com o advogado, por volta das 19h30. A sala fica no 2° andar do posto e há uma coluna de acrílico que separa o acusado da pessoa que está conversando. As reuniões com o advogado são de tempo livre e não contam com a presença de nenhum guarda.
Por volta das 21h45, um policial entrou na sala por achar que a reunião estava demorando demais e então descobriu que o acusado já não estava mais lá. Aparentemente, o advogado foi embora quando a conversa acabou sem avisar nenhum policial e o homem aproveitou a deixa para abrir uma fenda na coluna de acrílico e sair pela mesma porta utilizada pelo advogado.
De acordo com o jornal Asahi, haviam 20 oficiais de policia no prédio no momento, mas ninguém viu nada. A polícia acredita que Hida provavelmente utilizou a porta dos fundos, pois teria sido visto se tentasse sair pela entrada principal.
Depois de deixar o prédio, o homem ainda pulou um muro de quase 3 metros de altura. Um tênis da policia também desapareceu e as sandálias do homem foram encontradas no estacionamento. A polícia acredita que ele tenha trocado os sapatos antes de pular o muro.
A polícia divulgou uma foto do homem e informou que ele tem 1,63 m de altura e um corpo do tipo mediano. O local da fuga fica a 100 metros ao sul da entrada leste (nishiguchi) da Estação de Tondabayashi, operada pela empresa Kintetsu.
FONTE : ALTERNATIVA ON LINE
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *