Em alta na pandemia, Big Data da Fatec Pompeia amplia horizontes de oportunidades a tecnólogos

Aquecimento do mercado por novas soluções no campo e nas cidades estimula formação de profissionais capacitados. Próximo processo seletivo está previsto para o final deste semestre

Afetada há mais de um ano pela pandemia do novo coronavírus, a sociedade tem recorrido a soluções tecnológicas, das mais simples às complexas, que proporcionem a interação de pessoas e negócios. A nova demanda tem ampliado horizontes de oportunidades de emprego e empreendedorismo aos tecnólogos do curso de Big Data no Agronegócio da Faculdade de Tecnologia de Pompeia – Fatec Shunji Nishimura.

Os formandos e egressos do curso são capacitados para atender as expectativas do mercado de tecnologia e inovação, que deve seguir em alta pelos próximos anos, segundo estimativa da Associação das Empresas de Tecnologia da Informação e Comunicação e de Tecnologias Digitais (Brasscom).

“Neste tempo de pandemia, diversas áreas do comércio e indústria tiveram que buscar por soluções criativas e no agronegócio não foi diferente. Muitas delas envolveram a criação de aplicativos de celular e de páginas web e o uso de técnicas de inteligência artificial”, afirmou o coordenador do curso de Big Data, o professor Luis Hilário Tobler Garcia.

Ele destacou ainda o potencial financeiro e produtivo do agronegócio como “uma área em plena expansão e que gera uma enorme quantidade de dados a cada dia de operação”. “A formação em Big Data é uma das melhores oportunidades para um futuro profissional promissor, uma vez que este mercado é carente do uso de tecnologia e de profissionais capacitados para transformar esses dados em conhecimentos e melhores tomadas de decisão”.

NOVO PERFIL

A perspectiva da carreira de tecnólogo em Big Data na Fatec Pompeia atraiu uma demanda maior de candidatos no último processo seletivo realizado entre novembro e dezembro de 2020. A instituição também notou uma mudança no perfil dos alunos – antes, egressos do Ensino Médio residentes na própria região – em comparação à primeira turma do curso, aberto em 2017.

“Começamos a perceber um grande interesse de pessoas de regiões distantes, incluindo profissionais da informática e de outras áreas, buscando por uma forma de atualização e inserção na área de Tecnologia da Informação (TI)”, afirmou o diretor da Fatec , o professor Carlos Otoboni. “Temos tido ingressos de alunos da região Assis, da Grande São Paulo e até mesmo de Rondonópolis (MT)”, citou.

A visualização de uma carreira promissora motivou a estudante Letícia de Melo Mesquita a trocar o vestibular para o curso de Odontologia em uma conceituada faculdade pública pelo do curso de Big Data na Fatec Pompeia. “Achei muito promissor. Hoje, penso como a formação de tecnologia abriu minha mente para o conhecimento e o empreendedorismo”, analisou.

OUTROS CAMPOS

Aluna do último semestre do curso, Letícia é estagiária do novo time de transformação digital da Movement, empresa da Brudden Group, especializada na produção de equipamentos fitness. A oportunidade em outros campos da tecnologia é possível pela amplitude das disciplinas ministradas no curso de Big Data.

“Estamos satisfeitos com o desempenho e posicionamento desses estagiários e já efetivamos alguns. São ousados, criativos e desejosos de construir soluções inovadoras”, elogiou o diretor de inovação digital do Grupo Jacto, Marcio Machado. “Esses estudantes adquirem conhecimentos importantes e boa versatilidade. São capazes de apoiar a transformação digital nas empresas, podendo atuar em várias frentes”.

Além do próprio curso, os alunos do Big Data da Fatec Pompeia podem potencializar a aplicação de seus conhecimentos no Laboratório Synapse, um espaço de capacitação em tecnologias 4.0 mantido pela parceria entre o Centro de Inovação no Agronegócio (CIAg) e a Fundação Shunji Nishimura de Tecnologia. O ingresso é por processo seletivo e as vagas são limitadas.

VESTIBULAR

Os interessados em ingressar no curso de Big Data da Fatec Pompeia devem aguardar pela divulgação da data do próximo processo seletivo, previsto para acontecer no final deste semestre. Por ora, a exemplo das duas últimas edições, a escolha dos aprovados tem sido pela análise do histórico escolar do Ensino Médio.

Além do Big Data, a Fatec Pompeia também abrirá novas vagas para o curso de Mecanização em Agricultura de Precisão. As graduações são gratuitas e têm duração de três anos. Em virtude da pandemia,as aulas estão sendo ministradas de forma remota.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *