Entidade aprova extensão de uso de reator nuclear próximo a Tóquio

A Autoridade Reguladora Nuclear do Japão deu sinal verde para que a usina mais próxima de Tóquio continue usando seu reator por até mais 20 anos.

A entidade decidiu por unanimidade na quarta-feira permitir que a Companhia de Energia Atômica do Japão estenda a operação do reator da usina Tokai 2 na Província de Ibaraki. O complexo fica a cerca de 110 quilômetros ao norte da região central da capital japonesa.

Cerca de 960 mil pessoas moram a menos de 30 quilômetros de distância da usina. Esta é a maior densidade populacional registrada para áreas vizinhas a usinas nucleares no Japão.

Segundo as autoridades, a usina Tokai 2 atende a todas as exigências que o governo adotou após o desastre de 2011 na usina nuclear Fukushima 1.

Na reunião de quarta, membros da Autoridade Reguladora Nuclear ouviram relatório sobre o desgaste do reator, tubos e outros equipamentos. Segundo estimativas, a corrosão não vai representar riscos por 20 anos a contar a partir de agora. Deste modo, a vida útil do reator foi elevada para 60 anos a partir da data que entrou em operação.

Com a decisão, o reator da usina Tokai 2 poderá continuar em operação até novembro de 2038.

Este é o quarto reator do Japão a receber aprovação para funcionar para além do limite de 40 anos, e o primeiro em uma usina atingida pelo terremoto e tsunami de 2011 a receber o aval da autoridade.

A empresa responsável pela usina Tokai 2 ainda precisa de mais dois anos para concluir obras de melhoria da segurança antes de religar o reator. O projeto prevê a construção de um quebra-mar contra tsunamis.

A empresa precisa também obter a anuência de seis governos locais da área, incluindo a vila de Tokai, onde fica a usina.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

   

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *