Escritório do Ministério da Defesa do Japão em Okinawa suspende trabalhos de aterramento

O ministro da Defesa do Japão, Takeshi Iwaya, afirmou que o escritório da pasta em Okinawa suspendeu temporariamente os trabalhos relacionados ao plano de transferência de uma base dos Estados Unidos, após o governo local ter apontado que medidas necessárias nesse sentido não foram tomadas.

O escritório de defesa em Okinawa ordenou, na segunda-feira, que terra e areia fossem carregadas em um navio no píer de uma empresa privada na cidade de Nago.

Trata-se de preparativos para os trabalhos de aterramento visando construir uma instalação para substituir a base aérea de Futenma, pertencente ao Corpo de Fuzileiros Navais dos Estados Unidos, no distrito costeiro de Henoko, em Nago.

O governo central planeja iniciar trabalhos de aterramento em escala total, na sexta-feira da próxima semana, apesar da oposição local.

A província de Okinawa pediu a suspensão do carregamento, chamando-o de “trabalho ilegal”, pois o escritório de defesa não enviou os documentos necessários às autoridades locais.

Na terça-feira, o ministro Iwaya declarou à imprensa que espera que a situação seja revista o quanto antes, e que, caso falhas sejam encontradas, o escritório as corrija e vá adiante com o plano.

FONTE : NHK PORTUGUÊS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *