Estátua de menino nuclear irrita residentes de Fukushima

Residentes em Fukushima reagiram furiosamente à estátua de um menino usando equipamento de proteção, dizendo que a impressão passada é a de uma cidade ainda contaminada após o desastre nuclear de 2011.

A planta nuclear de Fukushima foi atingida por um tsunami há sete anos, causando o mais grave acidente nuclear desde Chernobyl.

A estátua foi erguida no início de agosto e seu criador disse que o tema era sobre esperança para um mundo livre do desastre nuclear.

Desde então, o artista Kenji Yanobe pediu desculpas por deixar os residentes desconfortáveis.

De acordo com a agência de notícias Kyodo, cidadãos irritados foram ao Twitter e chamaram as autoridades diretamente, exigindo que a estátua fosse removida, visto que ela prejudicaria a reputação de Fukushima.

A estátua recebeu o nome de “Sun Child” (Criança do Sol) e pode ser vista no lado externo da estação de trem de Fukushima. Ela retrata um menino usando um traje amarelo de proteção contra materiais perigosos, segurando seu capacete em uma mão e um símbolo de sol na outra.

Um monitor de contagem em seu peito exibe os números 000 para mostrar que não há radiação.

“Quis fazer um trabalho que encoraja as pessoas… e fiz a estátua de uma criança de pé, de forma valente e forte contra quaisquer dificuldades que enfrenta”, disse Yanobe, de acordo com a Kyodo.

O artista Yanobe disse que ele “deveria ter prestado mais atenção ao fato de que conhecimento exato sobre radiação é necessário muito mais agora do que antes do desastre”.

Ele também quer discutir o futuro de sua estátua com a cidade.

O prefeito da cidade defendeu a decisão de erguer a estátua, argumentando que ela havia sido bem recebida em exibições no Japão e em todo o mundo antes de ser instalada permanentemente em Fukushima.

No Twitter ele pediu compreensão dizendo que ao contrário da ciência, a arte contemporânea era abstrato

FONTE : PORTAL MIE

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *