Faustino Fernandes Ranieri recebe Título de Cidadão Garcense dia 29

Na próxima quinta-feira, dia 29 de novembro, será realizada na Câmara Municipal de Garça sessão solene, a partir das 20 horas, para entrega no Título de Cidadão Garcense para Faustino Fernandes Ranieri, mais conhecido como Poeta. O Decreto Legislativo 12/2018, de autoria do vereador Pedro Santos, foi aprovado por unanimidade de votos.

A homenagem será no Plenário da Câmara Municipal de Garça, localizada na Rua Guanabara, 50, Cascata.

Conhecida figura na cidade e na região, principalmente pelos seus versos rimados, Faustino Fernandes Ranieri, ou simplesmente o Poeta, teve seu nome aprovado também em uma pesquisa em rede social, que confirmou a empatia e simpatia que o garcense tem pelo Poeta.

Faustino, que muitos acreditavam ser garcense, nasceu em 2 de agosto de 1956, em uma fazenda na cidade de Quintana. Aos seis anos mudou-se com a família para um sítio na cidade de Gália. Filho de Joana Dolores Fernandes e Carmine Ranieri ele teve oito irmãos: Olímpio Ranieri, Célia Ranieri, Graça Ranieri, Carmo Ranieri, Luiz Bento Ranieri, Teresa Ranieri, Antônio Ranieri (in memoriam) e Aparecido Ranieri (in memoriam).

O Poeta casou-se em 14 de junho de 1986 com Neuza Maria de Souza Ranieri com quem teve três filhos: Alex de Souza Ranieri, 31 anos, Advogado, casado com Janaina Lopes Rocha Ranieri; Alexandre de Souza Ranieri, 30 anos, Servente de Pedreiro, casado com Tamiris do Santos Medeiros Ranieri e João Paulo de Souza Ranieri, 28 anos, Motorista, casado com Suelen Cristina da Silva Fernandes Ranieri.

O homem das rimas, que trafega pelas ruas da cidade, vendendo versos e picolés, é avô de Brian – 1 ano -, filho de Alexandre e Théo de apenas 2 meses, filho de Alex.

Prova de que para ser poeta, não precisa ser letrado, Faustino estudou até a 4ª série do Ensino Fundamental na fazenda São Miguel, ocasião em que teve que abandonar os estudos para ajudar sua família nos trabalhos da lavoura. Aos oito anos de idade descobriu seu talento com as palavras quando, observando flores no campo, fez sua primeira rima. A partir daí começou o gosto pela poesia. Por ter facilidade em rimar, fazia versos para seus pais, irmãos, vizinhos e amiguinhos. Alegrava a vida de todos a seu redor com suas rimas. Para ajudar no orçamento doméstico no ano de 1993, Faustino, começou a vender legumes e hortaliças que produzia em seu sítio, na cidade de Garça. Isso era feito durante a semana. Aos finais de semana vendia amendoim e paçoca no lago artificial.

Durante muito tempo levou suas mercadorias em sacolas até que, teve condições, e comprou um carrinho de feira para facilitar o transporte dos produtos.

Em 2005 se tornou membro da APEG (Associação dos Poetas de Garça), e por incentivos de Lettério Santoro e do escritor e poeta Luiz Maurício Teck de Barros, escreveu seu primeiro livro, chamado Lavrador e Sua Poesia, publicado em 2008.

No ano de 2012 mudou-se para a cidade de Garça onde reside com sua esposa. O segundo livro foi publicado em 2015, chamado Poeta de Garça. Obra organizada Luiz Maurício Teck de Barros.

Faustino é considerado uma celebridade e foi entrevistado pelo programa Revista de Sábado, da TV TEM e matéria de capa das revistas VIA MAX e DESTAK. Faustino Fernandes Ranieri é conhecido de toda população de Garça, por seu carisma e humildade que são marcas características do Poeta.

“É por tudo isso, que propus esta homenagem deste legislativo ao senhor Faustino Fernandes Ranieri”, colocou Pedro Santos.

FONTE : GARÇA ON LINE

  

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *