FEDERAÇÃO DAS ASSOCIAÇÕES DA NOROESTE: Shinichi Yassunaga deixa presidência da Noroeste com ‘sensação de missão cumprida’; Hideto Honda assume

Em reunião extraordinária realizada em formato virtual no dia 9 de março – a Assembleia Geral Ordinária marcada para o dia 14 do mesmo mês foi cancelada em virtude da pandemia do novo coronavírus – a Federação das Associações Culturais Nipo-Brasileiras da Noroeste elegeu sua nova diretoria para o biênio 2021-2022. Depois de dois mandatos – ou quase cinco anos – Shinichi Yassunaga deixa o cargo e em seu lugar assume o presidente das Associação Cultural Nipo-Brasileira da Noroeste, Hideto Honda.
Para Yassunaga, a sensação é de “missão cumprida”. “Quando fui eleito presidente em 2017, para mim foi um grande orgulho, desafio e responsabilidade em comandar as 30 entidades da região Noroeste, que é considerada o berço da imigração japonesa no Brasil”, disse Yassunaga ao Jornal Nippak, lembrando que, quando assumiu, o grande desafio eram os preparativos para as comemorações dos 110 Anos da Imigração Japonesa no Brasil, que teve como ponto alto a visita de Sua Alteza Imperial, princesa Mako.
“Agradeço a todos que me ajudaram durante o meu mandato de 5 anos (2017 a 2020), principalmente na vinda da princesa Mako à região Noroeste (Promissão, Hirano e Araçatuba). Foi um desafio para mim e com o apoio de todo conseguimos realizar uma grande recepção. Agradecimento especial também aos jornalistas Massayu Fukazawa, do Nikkey Shimbun, e Aldo Shiguti, do Jornal Nippak, e ao deputado federal Walter Ihoshi. A eles, minha eterna gratidão. Agradeço também a Embaixada do Japão no Brasil na figura do embaixador Akira Yamada, e ao Consulado Geral do Japão em São Paulo, na figura do senhor Yasushi   Noguchi, além de todas as pessoas do consulado que nos apoiaram”, destacou Yassunaga, acrescentando ainda que teve a honra de acompanhar o então cônsul geral do Japão em São Paulo, Yasushi Noguchi, em todas as entidades da região Noroeste e algumas da Alta Sorocabana, Alta Paulista e Mato Grosso do Sul.

Unanimidade – “Tenho certeza que cumpri a minha missão como presidente e pretendo continuar auxiliando o novo presidente eleito e estarei a disposição de todos. Agora, mais do que nunca, precisamos de um novo presidente que agregue os jovens da região realizando eventos culturais e esportivos. Precisamos também trabalhar para a criação do FIB (Fórum de Integração do Bunkyo) da Noroeste”, disse Yassunaga, afirmando que o nome de Hideto Honda foi aprovado por unanimidade pelos participantes da reunião.

Hideto Honda: Desafio e responsabilidade (Facebook/Hideto Honda)

Desafio – Para o novo presidente, assumir a presidência da Federação, que reúne 33 entidades de 27 cidades, “é um desafio muito grande”. “É também uma responsabilidade muito grande dar continuidade aos legados que nossos antepassados deixaram na cultura, educação e esporte através de valores como disciplina, respeito, responsabilidade e tradição e que nos tornaram exemplos de honestidade e trabalho no Brasil inteiro. Com ajuda de todos, especialmente da nova Diretoria, pretendemos preservar essa tradição com muita união e harmonia”, disse o novo presidente.

Projetos – Segundo ele, hoje, “todas as entidades da região estão passando dificuldades financeiras em virtude da pandemia”. “A maioria está controlando suas despesas”, mas a ideia é fazer um levantamento mais detalhado para saber se há alguma em pior situação. Para Hideto Honda, como as entidades são de cunhos culturais esportivos e sociais, a normalização vai depender muito do retorno das atividades.
“E, voltando a normalização, como todas dependem de eventos como forma de arrecadar recursos, creio que só teremos uma regularização depois de quatro ou cinco meses”, explica Honda, acrescentando que, “voltando a normalização, os principais projetos nossos são de agregar e aproximar os jovens com projetos culturais, educacionais, esportivos e sociais e com   melhor participação das entidades junt

Nova Diretoria da Federação das Associações Culturais Nipo-Brasileiras da Noroeste (arquivo pessoal)

o ao Bunkyo de São Paulo, dar total apoio as empresas nikkeis da região junto com agronegócios”.

Yassunaga (D), durante recepção à princesa Mako em Araçatuba (arquivo pessoal)

Composição da Nova Diretoria – Biênio 2021/2022 –

Presidente de Honra: Kazoshi Shiraishi
Presidente: Hideto Honda;
Vice-Presidente: Wilson Hironiti Takayama;
Secretário Executivo: Paulo Satoshi Murai
Secretária em Japonês: Celia Mayumi Kimura Miyada;
Secretária de Português: Elizabete Tieko Matsui;
1º Tesoureiro: Edwardo Mikio Hirata;
2º tesoureiro: Hiroshi Chiyo;
Conselho Fiscal: Carlos Kasuo Mada; Marcio Yoiti Miyada; Helio Hideyoshi Naka;
Presidente da Federação Setor 1A: Shozo Nakamine;
Presidente da Federação Setor 1B: Takenobu Okaji;
Presidente da Federação Setor 2: Hitoshi Nishida;
Presidente da Federação Setor 3: Shoji Korin.
Representante Regional da Noroeste junto ao Bunkyo de São Paulo: Shinichi Yassunaga
Mestre Cerimonial: Yoshihiro Nishitsuka

Conselho Superior (Komon)

  1. Buheiji Saito – (Araçatuba);
  2. Kazoshi Shiraishi (Araçatuba)
  3. Luiz Yasunaga (Promissão);
  4. Masao Hayakawa – (Bauru);
  5. Mitsuo Motoyama – (Araçatuba);
  6. Shigueo Miyajima – (Pereira Barreto);
  7. Shinichi Yassunaga (Birigui)
  8. Sussumu Yamamoto – (Pereira Barreto);
  9. Tateo Suenaga (Birigui).

Conselho Consultivo (Soudai Yaku)

  1. Ioshiro Sado – (Lins);
  2. Itio Nakano – (Mirandópolis);
  3. Itsuo Utimura – (Araçatuba);
  4. Jamil Akio Ono – (Andradina);
  5. Kazunori Yasunaga – (Promissão);
  6. Keishi Katayama – (Guararapes);
  7. Masao Shirozaki – (Araçatuba)
  8. Mitiyuki Nishizawa – (Lins);
  9. Shatoshi Okajima – (Pereira Barreto);
  10. Takashi Kato – (Araçatuba).

FONTE: JORNAL NIPPAK

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *