França impõe quarentena de 14 dias para quem chegar de fora da União Europeia

O ministro de Relações Exteriores da França, Jean-Yves Le Drian, anunciou nesta terça-feira que os viajantes que chegarem ao país de fora dos limites da União Europeia (UE) a partir de amanhã, deverão ficar 14 dias em “quarentena voluntária”, para impedir novos focos de contágio da Covid-19.

O chanceler lembrou que as fronteiras externas da UE seguem fechadas, por isso, a disposição vale apenas para cidadãos franceses e residentes no território da França, que estão no exterior e querem retornar a partir desta quarta-feira.

Le Drian, em entrevista à emissora de televisão “LCI” destacou que desde o início da crise provocada pela pandemia, a França autorizou a repatriação de 186 mil franceses e residentes que precisavam retornar para o país.

Para o ministro, a partir de 15 de junho, caso haja melhora na situação interne e a pandemia siga recuando, é possível pensar no fim das restrições de viagem dentro do espaço da União Europeia, embora defensa medidas coordenadas e com adoção recíproca.

Na semana passada, o governo francês anunciou a obrigação de quarentena para os viajantes que chegassem da Espanha, que em reciprocidade, adotou a mesma medida para quem viesse da França.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *