Há 12 anos, MAC vendeu 60% do passe de Gum para a Ponte Preta

No dia 21 de junho de 2008 (há 12 anos), o zagueiro Wellington Pereira Rodrigues, o “Gum”, deixava o Marília Atlético Clube (MAC), onde tinha contrato até abril de 2009, para acertar com a Ponte Preta por três temporadas.

A diretoria maqueana, presidida por José Roberto Duarte de Mayo, vendia 60% do passe para a ‘Macaca’ por R$ 350 mil (divididos em cinco parcelas) e permanecia com os outros 40%, percentual que possivelmente foi adquirido pelo Fluminense-RJ em 2009, mas os valores não foram informados.

Em agosto de 2009, quando o clube carioca contratou Gum da Ponte Preta, a mídia nacional informava que o Fluminense havia comprado somente os 60% do time campineiro pelo valor de R$ 1,250 milhão.

Nascido em São Paulo, o zagueiro foi revelado nas categorias de base do Marília e sua estreia pelo profissional aconteceu no dia 17 de julho de 2005 pela Copa FPF (atual Copa Paulista). No estádio Bento de Abreu, o Marília empatou com o Oeste de Itápolis em 0 a 0, com ele entre os titulares.

Gum jogou profissionalmente no Alviceleste de 2005 a 2008, mas em 2007 chegou a ficar alguns meses no Internacional-RS. Com a camisa maqueana foram 82 partidas e nove gols marcados, sendo o primeiro deles no Paulistão de 2006 (dia 4 de fevereiro), em Jundiaí, no empate de 2 a 2 contra o Paulista.

O último jogo do zagueiro com a camisa maqueana aconteceu na 1ª rodada do Brasileiro da Série B de 2008 (09 de maio), no empate de 2 a 2 com o Brasiliense-DF, fora de casa.

Ídolo no Flu – Atualmente o zagueiro Gum, de 34 anos, está no CRB-AL. No ano passado, o jogador defendeu a Chapecoense-SC no rebaixamento do Brasileirão. Porém, foi no Fluminense onde se tornou ídolo. Foram nove temporadas no clube das Laranjeiras com 414 jogos e 29 gols marcados, sendo o oitavo atleta com mais partidas na história da agremiação.

Com o Flu, Gum conquistou sete títulos: dois Brasileiros (2010 e 2012), Primeira Liga (2016), Carioca (2012), Taça Guanabara (2012 e 2017) e Taça Rio (2018).

FONTE : JORNAL DA MANHÃ

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *