Imigração descobre “fábrica” de zairyu card falso em Saitama; chinês é preso

O Departamento de Imigração de Tóquio descobriu um apartamento em Kawaguchi (Saitama) onde eram fabricados zairyu cards falsos, informou a emissora TBS nesta segunda-feira (28).
Um chinês de 27 anos, responsável pela “fábrica”, foi preso e a polícia, em trabalho conjunto com a Imigração, apreendeu material suficiente para produzir mais de 2 mil documentos falsos.
O chinês disse que recebeu encomendas de mais de mil zairyu cards nos últimos dois meses e vendeu cada um por ¥1.000 a grupos criminosos.
Considerando que cada documento falso custa de ¥20 mil a ¥30 mil no mercado negro, conclui-se que os criminosos tinham um grande lucro sobre as vendas.
Um funcionário da Imigração disse que o zairyu card falso tem boa qualidade e é idêntico ao documento verdadeiro, incluindo o holograma do Ministério da Justiça e outros detalhes.
O zairyu card falso é bastante procurado por estudantes e estagiários estrangeiros que fogem do trabalho, ficam ilegais no Japão e precisam de documentos para conseguir um novo emprego.

FONTE :ALTERNATIVA ON LINE

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *