Incêndios na Austrália: o meio ambiente não tem fronteiras

Todos dependemos do mesmo planeta. O meio ambiente não tem fronteiras, o mundo é uma coisa só. A natureza é patrimônio de toda humanidade e todas os impactos humanos que ela sofre, afeta cada um de nós.

Há poucos meses o Brasil sofreu com as queimadas na Amazônia, no Cerrado e no Pantanal. Outros países e continentes do mundo também foram afetados com grandes desastres ambientais em 2019. Agora, a Austrália está sendo impactada desde setembro por incêndios florestais, que se intensificaram na semana passada.

Assim como tivemos o apoio e a solidariedade do WWF-Austrália -e de toda rede WWF-, enquanto a Amazônia queimava, estamos totalmente solidários à todo povo australiano.

O incêndio em números
Segundo o WWF-Austrália, especialistas e o Governo australiano, estes são algumas resultantes desse desastre, em todo país, até 7/1/2020:

8,4 milhões de hectares de matas nativas, florestas e parques queimados;
até 1.25 bilhão de animais nativos (incluindo espécies icônicas como os coalas e cangurus) mortos ou feridos pelo fogo;
1/3 da população de coalas foi dizimada pelos incêndios apenas em Nova Gales do Sul;
mais de 2 mil casas perdidas;
pelo menos 25 pessoas, incluindo bombeiros voluntários, morreram;
milhares de pessoas e animais feridos e desabrigados.

Amazônia x Austrália
Diferente da Amazônia -onde as queimadas são provocadas pelo homem para limpar áreas desmatadas-, os incêndios na Austrália são um processo natural, já que a vegetação nativa necessita de fogo para se reproduzir.

No entanto, os mega incêndios sem precedentes desta temporada não são normais e são resultado das altas temperaturas, estiagens e ventos acima da média, consequência direta das mudanças climáticas, que não causam o fogo, mas o torna muito pior.

Muitas florestas levarão décadas para se recuperar e algumas espécies podem estar à beira da extinção. Mas, até os incêndios cessarem, a extensão total dos danos permanecerá desconhecida.

Atuação na Austrália
Além de fornecer resposta imediata aos incêndios, o WWF-Austrália:

tem planos de restauração de longo prazo do que foi perdido;
está realizando parcerias com organizações de resgate e assistência à vida selvagem;
tem produzido avaliações científicas sobre os impactos na fauna e flora silvestres;
está solicitando atuações emergenciais ao Governo da Austrália.

FONTE : WWF BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *