Intercâmbio entre o Caoim e a Fatec reforça alimentação saudável

Iniciativa levou crianças, adolescentes e familiares ao laboratório da Faculdade;

visita foi retribuída ao serviço de saúde municipal

 

Para ampliar as descobertas que crianças, adolescentes e familiares fazem sobre a alimentação no Caoim (Centro de Atendimento à Obesidade Infantil de Marília), o serviço promoveu uma parceria com o curso de Tecnologia em Alimentos da Fatec (Faculdade de Tecnologia) de Marília. O resultado é mais informação e saúde.

Durante o intercâmbio foram promovidos dois encontros: primeiro, no espaço físico do Caoim.  Depois os participantes do programa foram ao laboratório de alimentos da instituição de ensino.

MEMÓRIA AFETIVA

As sensações físicas provocadas pelos alimentos podem ser associadas a sentimentos. É a chamada memória afetiva que faz, por exemplo, o cheiro e o sabor de bolo ou pão caseiro remeterem à “casa da vovó”, à fazenda ou a um ente querido.

No primeiro encontro, o professor Luiz Fernando Santos Escouto, da Fatec, visitou o Caoim e desenvolveu juntamente com a nutricionista do serviço, Michelle Righetti, uma atividade dinâmica para alertar sobre as quantidades e freqüências ingeridas, de alguns alimentos.

Eles usaram também, utensílios domésticos como copos, pratos e talheres para orientar e exemplificar para as famílias as quantidades dos alimentos ingeridos.

No segundo encontro, a equipe do Caoim e os pacientes foram até a faculdade para desenvolver a atividade no laboratório de alimentos, onde foi produzida uma opção saudável de sorvete.

Para a massa utilizou-se banana madura congelada; por cima, uma calda de morangos e, por último, um fio de azeite e uma folha fresca de manjericão. A combinação inusitada surpreendeu a todos.

“O hábito alimentar deve ser modificado de forma que todos da família confiem que tal transformação pode ser saudável e prazerosa, além de acessível e divertida”, explica a nutricionista.

O SERVIÇO

O Caoim é um serviço da Secretaria Municipal da Saúde, em parceira com a Maternidade Gota de Leite, por meio do ESF (Programa Estratégia Saúde da Família), que desenvolve um programa interdisciplinar com foco na criança/adolescente e as famílias. A cada semestre são oferecidas 120 vagas.

O atendimento é oferecido pelo SUS (Sistema Único de Saúde), com portas abertas para a população. Basta que os pais ou responsáveis procurem a unidade para fazer uma avaliação e encaminhamento para o atendimento, orientação e tratamento.

O acesso pode ocorrer ainda por meio das unidades de saúde do município. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (14) 3454-6618, ou pessoalmente na rua 9 de Julho, nº 395, próximo à Justiça Federal. O atendimento é das 7h às 17h.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *