Joe Biden vence eleições americanas, segundo projeções de parte da imprensa

O candidato democrata à Casa Branca, Joe Biden, foi eleito presidente dos Estados Unidos neste sábado, depois de ter conquistado os 20 delegados da Pensilvânia no Colégio Eleitoral, de acordo com projeções das emissoras de televisão “CNN”, “CBS” e “NBC”.

Biden, que já se colocou como o candidato presidencial mais votado em toda a história dos EUA, superou o número mágico de 270 delegados que precisava, chegando a pelo menos 273.

Caso as projeções sejam confirmadas, o democrata tomara posse em 20 de janeiro e a sua companheira de chapa, Kamala Harris, também fará história ao se tornar a primeira mulher e primeira negra eleita como vice-presidente americana.

A projeção veio depois de quase quatro dias de espera agonizante nos EUA, período no qual os estados contaram – e ainda contam – o número recorde de votos no país.

As principais redes de televisão realizaram a exibição pouco antes das 11h30 na Costa Leste (13h30 de Brasília), quando Biden ampliou sua liderança na Pensilvânia para mais de 30 mil votos sobre o atual chefe de governo, Donald Trump.

Pouco antes, Trump havia proclamado no Twitter que havia ganho a reeleição “por muito”, o que era falso. O republicano fez, sem embasamento, duras críticas ao processo eleitoral, principalmente à contagem de votos por correspondência recebidos depois da última terça.

Biden tem pelo menos 273 delegados, mas parte da imprensa, como a agência de notícias “Associated Press” e a emissora de TV “Fox News”, projetam 284, com uma vitória também no Arizona. Trump tem 214.

Enquanto isso, a contagem continua, e as autoridades locais esperam oferecer novos resultados ao longo do dia em Nevada, na Geórgia e no próprio Arizona, embora avisem que o processo de agora em diante poderá desacelerar ainda mais.

FONTE : EFE BRASIL

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *